Futebol

CSA e CRB têm prejuízo com eliminação na Copa do Brasil

09/02/17 - 15h13 - Atualizado em 09/02/17 - 15h19
CBF

As derrotas para Altos e Sport não só eliminaram CRB e CSA da Copa do Brasil, como também geraram prejuízo aos cofres dos clubes. Os times ficaram com a menor parte das rendas líquidas das partidas e deixaram de arrecadar R$ 315 mil sem a classificação para a segunda fase. 

O novo regulamento da Copa do Brasil diz que as rendas líquidas dos jogos das duas primeiras fases, que têm apenas uma partida, serão divididas. A renda do jogo será distribuída em 60% para o time classificado e 40% para o eliminado, independente de quem seja o mando. Sendo assim, mesmo tendo a maior torcida no confronto com o Sport, o CSA ficou com a menor fatia da arrecadação. Visitante em Teresina, o CRB também está na mesma situação. 

A Confederação Brasileira de Futebol divide os participantes da Copa do Brasil em três grupos. Os clubes alagoanos estão no grupo 3, que tem as menores cotas das fases iniciais. CRB, CSA, ASA e Murici receberam R$ 250 mil pela participação na primeira fase da competição. O Alvinegro e o Alviverde vão embolsar R$ 315 mil pela classificação. A informação foi confirmada pela assessoria de comunicação da Federação Alagoana de Futebol.