Futebol

CSA realiza coletivo no Mutange e Nicácio treina entre os titulares de Canindé

Atacante atuou ao lado de Jônatas Obina e pode pintar como novidade no time principal

07/07/16 - 17h02 - Atualizado em 08/07/16 - 13h31
Alisson Frazão / Ascom CSA

O CSA deu sequência aos treinamentos na tarde desta quinta-feira, 7, visando o jogo diante do Guarani-CE pela Série D. Entre as novidades, o técnico Oliveira Canindé promoveu a entrada do centroavante Marcelo Nicácio na formação titular. Com isso, Jônatas Obina ficou no lugar de Jeferson Maranhense na esquerda do ataque, já que o meia cumpre suspensão por ter sido expulso na rodada anterior.

Antes do início do trabalho coletivo, o elenco azulino participou de um treino físico ao lado do gramado. Após a atividade, Canindé iniciou o coletivo com a seguinte escalação: Jeferson; Denilson, Leandro Souza, Douglas Marques e Rafinha; Panda, Everton Heleno, Cleyton, Bismarck e Jônatas Obina; Marcelo Nicácio.

Em um segundo momento, o volante Marcos Antônio entrou no lugar de Bismarck para atuar no meio-campo da equipe maruja. Recém-contratado, Didira atuou na equipe reserva, mas foi substituído no intervalo e observou os treinamentos à parte. O volante Elizeu e o meia Kattê estão entregues ao Departamento Médico do clube e não devem enfrentar o Leão de Juazeiro.

Entusiasmado com a oportunidade de figurar entre os onze escolhidos do comandante azulino, Nicácio destaca que vem aprimorando a melhor forma aos poucos. “Eu não garanto que vou jogar os 90 minutos, mas espero atuar cada vez mais para melhorar o meu rendimento dentro de campo. Quero contribuir com gols e ajudar o CSA a sair com a vitória”, disse o atacante.

Em relação ao posicionamento, o jogador garante que não terá problemas. “O professor fez um esquema diferente, comigo centralizado e com o Obina jogando pela esquerda. Independente de quem estiver dentro de campo, todos têm que ajudar uns aos outros. Se ele for ao ataque finalizar, eu vou recompor normalmente”, destaca.

Sobre o adversário, Nicácio acredita que o Guarani-CE não tem nada a perder e pode complicar a vida do Azulão. “O futebol tem muita surpresa e a gente tem que está muito atento para isso. Temos que encarar esse jogo com muita responsabilidade para encaminharmos a nossa classificação. Nós estamos concentrados para conseguir a vitória em Juazeiro”, disse.

A equipe azulina enfrenta o Guarani-CE na noite deste domingo, às 19h, no Estádio Romeirão. Para manter a liderança do Grupo A6, o Azulão precisa da vitória fora de casa para poder decidir a classificação no Estádio Rei Pelé, no final de semana seguinte, diante do Parnahyba-PI.