Gente Famosa

Erasmo Carlos testa positivo para a Covid-19 e está isolado: 'Torçam'

Uol | 26/08/21 - 15h35 - Atualizado em 26/08/21 - 15h39
Guto Costa / Divulgação

Erasmo Carlos, de 80 anos, usou as redes sociais, na tarde de hoje, para informar que testou positivo para covid-19. Ele aproveitou para avisar que está bem e pediu orações aos fãs para conseguir vencer o vírus. Por meio do Instagram, o cantor afirmou que já está há três dias cumprindo a recomendação de isolamento social, lamentou ter sido infectado mesmo cumprindo todos os protocolos de saúde e pediu orações dos fãs.

"Oi, gente. Mesmo mantendo todos os cuidados, inclusive vacinado duas vezes, eu testei positivo para covid-19. Já estou no terceiro dia de confinamento como mandaram meus médicos e peço que todos torçam. Passa rápido", declarou o artista. Erasmos recebeu a segunda dose da vacina AstraZeneca uma semana antes do aniversário de 80 anos, em maio, e comemorou nas redes sociais: "Ufa!!! Tomei a minha segunda dose... VACINA PARA TODOS!!! É URGENTE!!!".

O mesmo também já ocorreu com a apresentadora Ana Maria Braga, no dia 5 de julho deste ano. Então por que pessoas que tomaram duas doses da vacina pegam covid e até morrem? Segundo o imunologista PhD pela USP (Universidade de São Paulo) e colunista do VivaBem, do UOL, Gustavo Cabral, inicialmente é preciso entender o tempo que a vacina demora para gerar o "efeito" dela. "As vacinas disponíveis atualmente no Brasil que exigem duas doses (CoronaVac, AstraZeneca e Pfizer) conferem a maior proteção contra a covid-19 cerca de 14 a 20 dias depois da aplicação da segunda dose. Ou seja, se a pessoa "pegou o coronavírus" antes desse tempo, a resposta para a dúvida está aí: ela ainda não estava totalmente imunizada", explicou.