Gente Famosa

Ex-Raça Negra: conheça a vida do pagodeiro que virou morador de rua

Durante 60 dias, os repórteres acompanharam a vida do violeiro

30/06/16 - 21h02 - Atualizado em 01/07/16 - 07h44
Reprodução/TV Record

O Repórter em Ação deste domingo vai contar a incrível história do músico de uma das maiores bandas de pagode do Brasil que se transformou num morador de rua, viciado em drogas.

Durante 60 dias, nossos repórteres acompanharam os passos de Edson Café, que tocava violão no grupo Raça Negra e vive nas ruas de São Paulo há dez anos. "Antigamente, há um tempo atrás, eu dormia em hotéis cinco estrelas. Hoje em dia, eu durmo na praça olhando pras estrelas", afirma o músico.

Como ele foi parar nessa situação? Por que foi, pouco a pouco, sendo excluído da banda que ajudou a formar? "Tem dia que eu almoço e não janto. Tem dia que eu janto e não almoço", admite Café. O que fez ele deixar a família para trás? "Eu não abandonei minha família. Eu me abandonei", confessa.

Procuramos o líder do Raça Negra. O que Luiz Carlos tem a dizer sobre o assunto?

A ainda: você vai conhecer Xenia, a fã que oferece abrigo para Café dentro da própria casa. Será que ele vai aceitar o convite da mulher por quem é apaixonado e ficar longe do vício? Será que os filhos que ele abandonou vão perdoar o pai? E o que vai acontecer quando ele reencontrar dois ex-colegas do Raça Negra?

Repórter em Ação: neste domingo, logo depois do Domingo Espetacular.