Alagoas

Fiscalização flagra abastecimento de etanol em bomba de gasolina em Rio Largo

Redação com TV Pajuçara | 15/03/21 - 14h55 - Atualizado em 15/03/21 - 15h28
Reprodução / TV Pajuçara

Em fiscalização no final da manhã desta segunda-feira, 15, a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) e o Instituto de Proteção de Defesa do Consumidor de Alagoas (Procon-AL) flagraram o momento em que um consumidor teve o carro abastecido por etanol ao invés de gasolina, como havia solicitado, em um posto de combustível em Rio Largo, região Metropolitana de Maceió. 

A cena foi registrada pela equipe do Fique Alerta, da TV Pajuçara. Especialista em regulação da ANP, Wekisilley Pereira afirmou que a bomba utilizada pelo frentista para abastecer o carro do consumidor estava disparando etanol hidratado, não gasolina como estava sendo exibido no painel da bomba.  

"Antes de verificar a fiscalização, o consumidor pediu gasolina, o frentista estava usando um bico específico e despejou o produto no tanque do carro. O consumidor pagou como gasolina. Quando fui verificar o bico e o preço da bomba, a bomba estava registrando o mesmo preço de gasolina que estava exposto no painel de preços. Confirmei com o consumidor que realmente ele tinha pedido gasolina e fui verificar o teste para ver o que estava saindo naquele bico. Quando fui fazer a verificação pedindo para o frentista colocar 1 litro, identifiquei que naquele bico não estava saindo gasolina e sim etanol hidratado", disse o especialista. 

Ainda de acordo com Pereira, a força-tarefa da ANP e do Procon-AL lacrou a bomba e o tanque do produto. O proprietário do posto agora tem 15 dias para fazer a defesa em relação ao caso. 

"Foram lacrados a bomba e o tanque que estava oferecendo produto para esse bico. O posto vai ter a defesa administrativa, o princípio do contraditório da ampla defesa, vai se defender no prazo de 15 dias. Esse bico e esse tanque vão ficar lacrados. No procedimento, ele vai pedir para reprocessar o produto, ou para descartar ou pedir um procedimento declarando que vai usar o combustível não como gasolina, mas sim como álcool", explicou.

Veja a matéria completa no vídeo abaixo.