Polícia

Foragido há quase 10 anos, homem é preso suspeito de estuprar a própria filha adolescente

João Arthur Sampaio* | 13/06/24 - 10h36
Ascom PC-AL

Foragido há quase 10 anos, um homem de 40 anos foi preso suspeito de estuprar a própria filha de 13 anos. A ação policial foi realizada nesta quinta-feira (13), pela Polícia Civil de Alagoas, na Fazenda Gavião, zona rural de Atalaia, onde ele residia.

A investigação do caso durou cerca de dois meses. O estupro teria ocorrido no dia 9 de outubro de 2014, quando a menina foi à casa do pai, que então morava no município de Pão de Açúcar, no Sertão do estado, e este a chamou para pescar.

Na época do crime, o homem já convivia com a atual mulher com quem tem dois filhos. Os abusos aconteceram a caminho da pescaria. Ele chegou a tirar as roupas da filha e a estuprou. Cerca de 10 dias depois, a mãe e uma tia descobriram e denunciaram à delegacia de polícia e ao conselho tutelar da cidade.

Antes de ser chamado a depor, o homem fugiu e passou a mudar periodicamente de cidades, tendo residido durante esse tempo em Maceió, Paripueira, Marechal Deodoro e, finalmente, em Atalaia.

A vítima foi submetida a exame de corpo de delito no Instituto Médico Legal (IML) de Arapiraca, que constatou o estupro.

O suspeito foi conduzido para o Centro Integrado de Segurança Pública (Cisp) de Atalaia, onde aguarda audiência de custódia para ser transferido para o sistema prisional. Ele já foi denunciado pelo Ministério Público por estupro de vulnerável.

*Com assessoria