Alagoas

Governo de AL anuncia folha salarial unificada para todo dia 30; mudança será em 4 etapas

Paulo Victor Malta e Ana Carla Vieira | 26/01/21 - 11h00 - Atualizado em 26/01/21 - 11h38
Reprodução

O governador de Alagoas, Renan Filho (MDB), anunciou nesta terça-feira, 26, o novo cronograma de pagamento da folha salarial para todos servidores públicos do estado. Antes dividido em faixas, o pagamento para todos agora será feito todo dia 30. A mudança já passa a valer a partir deste mês de janeiro e será escalonada em quatro parcelas. 

De acordo com Renan Filho, a partir do mês de abril todos os servidores vão receber a folha dentro do mês trabalhado. "Desde a década de 90, o maior volume salarial do estado é pago no dia 10 e isso faz tanto tempo que as pessoas já se acostumaram. Mas isso não é normal, o normal é receber até o dia 05. Agora a gente vai colocar a folha em dia e pagar no dia 30", afirmou o governador. 

Segundo o chefe do executivo, a partir deste mês de janeiro, todos os servidores da secretaria de saúde já vão receber dentro do mês, ou seja, no dia 30. "Vamos fazer essa regularização escalonada em 4 parcelas. Isso é um esforço de caixa de mais de R$ 266 milhões de reais", disse Renan Filho. 

A partir do final do mês de fevereiro, passam a receber dentro do mês trabalhado também os servidores da educação. Já no mês de março, serão incluídos no pagamento do fim de mês os agentes da segurança pública; e no mês de abril serão acrescentados no pagamento do fim de mês os maiores salários, como delegados, procuradores e fiscais de renda.

"Algumas outras categorias menores serão distribuídas nessas faixas baseadas no perfil salarial. Qual a lógica? Quem ganha menos, entra primeiro. Quem ganha mais, entra depois. Mas essas áreas são as grandes categorias: Saúde, Educação, Segurança, por ordem, e depois os mais altos salários: procuradores do estado, delegados, fiscais de renda, oficiais de polícia. Para o servidor especificamente que quer o detalhamento, a Seplag [secretaria de estado do planejamento e gestão] vai publicar. Todos terão o salário pago dentro do mês até o dia 30 de abril", enfatizopu o governador.

Participaram do anúncio o secretário de Estado da Fazenda, George Santoro, e o secretário de Planejamento, Gestão e Patrimônio, Fabrício Marques.  As mudanças valem para todos os servidores estaduais, ativos e inativos.

"Isso coloca na economia R$ 260 milhões a mais neste ano. Isso é importante porque vai ajudar neste período de pandemia que a gente ainda está vivendo no início do ano. Um reforço para a economia circular e funcionar melhor", disse George Santoro.