Alagoas

Hemoal expande horários de funcionamento das unidades para doação sangue

Ascom Hemoal | 01/10/21 - 14h46 - Atualizado em 01/10/21 - 15h27
Carla Cleto

Para facilitar o acesso dos voluntários à doação de sangue, o Hemocentro de Alagoas (Hemoal) inicia o mês de outubro com novidades nos dias e horários de funcionamento. A partir de agora, a Unidade Arapiraca passa a funcionar todos os sábados, das 7h30 às 16h. Já na Unidade Maceió, o posto de coleta localizado no Hospital Veredas, no bairro Farol, irá funcionar as terças e quintas, das 7h às 17h.

No último mês, as duas unidades já abriram nos novos dias e horários em fase de testes. Entretanto, as mudanças foram oficializadas a partir desta sexta-feira (1º), conforme parecer da Gerência da Hemorrede Pública de Alagoas, órgão vinculado à Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), responsável pela política hemoterápica e hamatológica para os 102 municípios alagoanos.

Conforme a gerente da Hemorrede Pública de Alagoas, médica Verônica Guedes, as mudanças no Hemoal Arapiraca visam possibilitar que os moradores do Agreste, Sertão e Baixo São Francisco possam doar sangue também aos sábados. Já no caso do Hemoal Maceió, o funcionamento do Posto de Coleta do Hospital Veredas foi concentrado em dois dias, nos dois horários, uma vez que, anteriormente, funcionava apenas das 7h às 11h.

“A missão do Hemoal é assegurar sangue em quantidade e com qualidade para atender a demanda transfusional. Desse modo, facilitar o acesso dos voluntários às Unidades Maceió e Arapiraca, é uma estratégia para expandirmos nossa captação e, desse modo, mantermos estabilizado nosso estoque, com o propósito de atendermos às maternidades e hospitais da capital e do interior do Estado”, salienta Verônica Guedes, ao informar que, no Posto de Coleta do Hospital Veredas, o estacionamento é gratuito para os doadores de sangue.

Critérios para Doação de Sangue – E segundo a gerente da Hemorrede Pública de Alagoas, os interessados em se candidatar à doação de sangue devem ter boa saúde, idade entre 16 e 69 anos e peso mínimo de 50 quilos. É necessário, ainda, estar portando um documento de identificação com foto e usando máscara.

Com relação aos menores de 18 anos, é exigido comparecer ao Hemoal acompanhado dos pais ou responsáveis legais, portando os documentos originais. De acordo com Portaria do Ministério da Saúde (MS), as pessoas que contraíram hepatite após os 11 anos de idade, além de sífilis, Aids e doença de Chagas, ficam impedidas de doar sangue.

Covid-19 – Caso o candidato à doação de sangue tenha sido infectado pelo novo coronavírus, há impedimento para doar sangue pelo período de 30 dias, contados após a recuperação. Entretanto, se o voluntário teve apenas contato com uma pessoa infectada e não apresente sintomas da Covid-19 nos 14 dias posteriores, pode realizar a doação.

Segundo portaria do Ministério da Saúde, os voluntários vacinados contra a Covid-19, devem aguardar um intervalo para doar sangue. No caso das vacinas AstraZeneca, Pfizer e Janssen, o intervalo é de sete dias e, com relação à CoronaVac, a doação só deve ocorrer após 48 horas.

Caso o voluntário tenha feito uma tatuagem, maquiagem definitiva, micropigmentação ou colocado um piercing, a doação de sangue só pode ocorrer após 12 meses. Ainda quanto às proibições para doar sangue, as mulheres ficam impedidas se estiverem grávidas ou amamentando. E para repetir a doação, as mulheres devem respeitar um intervalo de três meses, enquanto os homens devem aguardar dois meses.