Polícia

Homem sofre atentado a bala quando chegava a comitê eleitoral na cidade do Pilar

Redação TNH1 | 14/08/20 - 15h05 - Atualizado em 14/08/20 - 15h22
Reprodução

O ex-secretário de comunicação da cidade de Pilar, Geraldo Cavalcante, de 67 anos, foi baleado em um atentado na manhã desta sexta-feira (14), quando chegava em um comitê eleitoral no município da região Metropolitana de Maceió. As informações foram confirmadas pelo delegado Sidney Tenório, titular do 23º Distrito Policial do Pilar. 

De acordo com o delegado, uma antiga rixa entre famílias teria sido o motivo do crime e o autor já foi identificado. Veja o que disse o delegado no vídeo abaixo:

"Houve essa tentativa de homicídio aqui na cidade de Pilar, na manhã desta sexta-feira (14), vitimando o senhor Geraldo Cavalcante. Ele foi atingido por alguns disparos de arma de fogo, quando chegava com seu veículo, Ecosport de cor vermelha, em um comitê eleitoral na cidade de Pilar. Ele ia fazer uma visita, não é candidato e nem pré-candidato. Um rapaz chegou de bicicleta e efetuou os disparos. As diligências já iniciaram, o inquérito está sendo instaurado hoje com algumas oitivas", disse o delegado. 

"Por se tratar de uma questão familiar antiga, uma rixa de famílias, o autor foi reconhecido por algumas pessoas, está identificado. Foram realizadas diligências para prendê-lo, mas não foi possível ainda. Mas com certeza, nas próximas horas, a gente já deve estar fazendo pedidos cautelares para o poder judiciário, para que ele responda por essa tentativa de homicídio. Vai ser instaurado de tentativa de homicídio e a gente tem um prazo legal de 30 dias para concluir", relatou Sidney Tenório.

Geraldo Cavalcante foi encaminhado ao Hospital Geral do Estado, em Maceió, logo após o atentado. Segundo o boletim médico do HGE, ele foi baleado na cabeça, no ombro e no tórax e passou por procedimento cirúrgico. 


Foto: Reprodução