Infância Partida: surto de abuso infantil na pandemia; série especial do Balanço Geral AL estreia nesta segunda, 13

Gilson Monteiro | 10/09/21 - 08h00 - Atualizado em 10/09/21 - 10h33

Isolamento, convivência, aproximação. A pandemia mudou a rotina das famílias, mas em muitos lares, o perigo não estava apenas lá fora e o inimigo não era somente o novo coronavírus. Dentro de casa, o confinamento deu espaço a abusos e a violência. Enquanto todos se protegiam da Covid-19, crianças e adolescentes, vulneráveis, viviam momentos de insegurança, violentadas por quem deveria garantir segurança e afeto.

Em números, esses dramas, muitas vezes insuperáveis, somaram 1100 registros nos Conselhos Tutelares de Alagoas durante o período. Uma estatística que, apensar de grande, ainda assim não representa a realidade em sua totalidade. 

Transformando números em histórias, o Balanço Geral Alagoas exibe a partir desta segunda-feira, 13 de setembro, a série de reportagens especiais "Infância Partida: surto de abuso infantil na pandemia". 

O repórter Bruno Protásio quebrou o silêncio de lares e familias, e mostra crianças e adolescentes que passaram a viver dias de terror durante a pandemia, sendo abusados por parentes ou pessoas próximas.

Em uma série de 5 episódios, você vai conhecer, e principalmente, refletir, sobre como agem os abusadores, os traumas que permanecem para toda a vida, e depoimentos emocionantes das vítimas, personagens de um problema que pode estar acontecendo do nosso lado, na casa vizinha, mas muitas vezes, ignorado.  

"Queria me levantar e ele segurou nos meus pulsos e começou a tapar a minha boca e falar que  se eu gritasse e alguem visse 'eu ia ver'", contra uma das crianças ouvidas pelo jornalismo da TV Pajuçara

Confira no Balanço Geral Alagoas, a partir das 7 horas. Assista ao teaser da série.