Economia

IPVA 2022: veja doenças que dão direito à isenção

Jornal Contábil | 01/01/22 - 09h21 - Atualizado em 03/01/22 - 11h34

O ano nem acabou e as contas para o início de 2022 já estão batendo na porta. Se você é dono de um veículo, fique sabendo que o Imposto sobre propriedade de Veículo Automotor (IPVA) teve um reajuste médio na casa dos 22% e 2022. Trata-se de um imposto estadual, portanto haverá variações de estado para estado.

O aumento será sentido, inclusive, para quem tem carro usado. Isso porque devido a problemas na produção dos carros novos, muita gente comprou o usado e o preço disparou. Ou seja, ele se valorizou em vez de se desvalorizar. Por isso o bolso vai doer mesmo se seu carro for usado. 

Como consultar o valor do IPVA 2022? - Os estados já estão divulgando a tabela com as datas de pagamento. Quem pagar à vista ganha desconto ou poderá pagar em até três vezes.  Para saber quanto você vai pagar de IPVA, consulte o valor do seu carro na tabela Fipe. Depois multiplique pela alíquota que seu estado cobra. Ela varia conforme a região: a alíquota mais alta é de 4%, cobrada em São Paulo e Rio de Janeiro. A mais baixa 2% – cobrada no Acre, Tocantins, Espírito Santo e Santa Catarina. Outra maneira é consultar o site do Detran do seu estado e tenha em mãos o número do Renavam. 

Ano de fabricação do veículo pode dar isenção - Mas nem tudo está perdido e ainda há uma esperança. Há alguns veículos que são isentos do pagamento do IPVA. Isso porque é levado em conta o ano da fabricação do veículo. Então, este pode ser o seu caso. Mas atenção, pois a norma varia de estado para estado. Portanto, vamos listar as regras em cada um deles:

  • Amapá e Rio Grande do Norte: veículos com mais de 10 anos ou que tenham sido fabricados antes de 2010 ficam isentos do imposto;
  • Amazonas, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Espirito Santo, Maranhão, Pará, Paraíba, Piauí, Rio de Janeiro, Rondônia, Sergipe e Tocantins: quem possuí veículo que tenha 15 anos ou mais ou tenha sido fabricado antes de 2007 não precisará pagar a taxa;
  • Mato Grosso: é dada a isenção de IPVA em 2022 para veículos fabricados antes de 2004 ou que tenham a partir de 18 anos;
  • Acre, Alagoas, Mato Grosso do Sul, São Paulo e Paraná: veículos com fabricação antes de 2002 ou com 20 anos ou mais ficam isentos;
  • Pernambuco e Santa Catarina: quem tem veículo com mais de 30 anos ou fabricado antes de 1922 não precisa arcar com o imposto;
  • Minas Gerais: IPVA grátis apenas para carros com placa preta;
  • Roraima: ficam isentos veículos agrícolas, motos de até 160 cilindradas, táxis, veículos de pessoas com deficiência e ambulâncias.

Outros fatores que podem dar isenção de IPVA - Se o motorista conseguir comprovar alguma doença, poderá ter o IPVA grátis em 2022. Para isso, é preciso obter laudo médico em clínica credenciada pelo Detran do seu estado. Veja as situações que podem gerar isenção:

  • Amputações;
  • Artrite Reumatoide;
  • Artrodese;
  • Artrose;
  • AVC;
  • AVE (Acidente Vascular Encefálico);
  • Autismo;
  • Alguns tipos de câncer;
  • Doenças Degenerativas;
  • Deficiência Visual;
  • Deficiência Mental;
  • Doenças Neurológicas;
  • Encurtamento de membros e más formações;
  • Esclerose Múltipla;
  • Escoliose Acentuada;
  • Lesão por esforço repetitivo (LER);
  • Linfomas;
  • Lesões com sequelas físicas;
  • Manguito rotador;
  • Mastectomia (retirada de mama);
  • Nanismo (baixa estatura);
  • Neuropatias diabéticas;
  • Paralisia Cerebral;
  • Paraplegia;
  • Parkinson;
  • Poliomielite;
  • Próteses internas e externas, exemplo: joelho, quadril, coluna, etc.;
  • Problemas na coluna;
  • Quadrantomia (Relacionada a câncer de mama);
  • Renal Crônico com uso de (fístula);
  • Síndrome do Túnel do Carpo;
  • Talidomida;
  • Tendinite Crônica;
  • Tetraparesia;
  • Tetraplegia.