Alagoas

Jovem se passava por PM para aplicar golpes na compra de celulares pela internet

Redação TNH1 com Ascom PC | 30/04/21 - 15h19 - Atualizado em 30/04/21 - 15h30
Ilustração/Ascom PC

Um jovem de 20 anos de idade foi indiciado nesta sexta feira (30), no município de Rio Largo, região metropolitana de Maceió, por aplicar golpes na compra de celulares pela internet.

De acordo com informações da Polícia Civil, as investigações foram iniciadas em 24 de fevereiro deste ano, quando um servidor público, de 36 anos, procurou a delegacia para informar ter caído no golpe.

Ele relatou que colocou um aparelho Samsung A7 para venda no site OLX, e uma pessoa que se apresentava como policial militar mostrou interesse na compra.

O preço foi ajustado em R$ 1.300,00, e o suposto PM enviou para o servidor, por meio de WhatsApp, um comprovante de depósito bancário no referido valor.

Seguindo o que fora acordado, um motorista de aplicativo foi à residência do vendedor para buscar o celular. No entanto, a vítima descobriu que o comprovante de depósito era falso.

O delegado relata que conseguiu localizar o PM, que, na verdade, é da reserva e nada tem a ver com o golpe. O motorista do aplicativo também foi ouvido e alegou não saber que se tratava de golpe.

O jovem confessou o crime e revelou já ter aplicado outros quatro golpes, além de comprar, usando o mesmo procedimento, um computador. Ele conseguia identidade e CPF de pessoas, e os utilizava para aplicar o golpe.

Segundo a polícia, os celulares foram recuperados e devem ser devolvido aos proprietários, e o jovem responderá pelos atos praticados.