Gente Famosa

Marquezine assume que já teve conta em aplicativo de pegação para ricaços

Uol | 17/07/19 - 13h05
Filippo Monteforte/AFP

Ainda na "saga do aeroporto", onde espera há 12 horas para conseguir embarcar, Bruna Marquezine decidiu conversar com seus seguidores. A atriz aproveitou para negar notícias de que teria conhecido o modelo Younes Bendjima, ex-namorado de Kourtney Kardashian -- com quem foi vista saindo de um restaurante em Los Angeles --, em um aplicativo de pegação só para ricaços e famosos, o Raya.

Marquezine, porém, assumiu que já usou a tal rede social, que se assemelha ao famoso Tinder, mas que que já apagou sua conta.

"Tô aqui na minha saga do aeroporto e acabei de ler que parece que eu tô num aplicativo para ricaços. [...] Já tive esse aplicativo há muito tempo para ver qual que era. Nunca encontrei ninguém [risos]", disse ela.

Segundo Marquezine, parece que hoje é necessário comprovar que tem US$ 1 milhão na conta bancária para poder entrar no aplicativo, mas que na época em que usou não era assim.

"Você é convidado por um amigo e eles analisam seu Instagram. E se eles gostarem, você pode entrar. Mas enfim, tive por muito pouco tempo. Não sei se as regras mudaram, mas você precisa agora comprovar que tem um milhão. Não sei nem se é de reais, devem ser dólares. Você comprovou, parabéns, e cruzou comigo, não sou eu. Não tenho essa conta mais", garantiu ela.

Para finalizar, Marquezine disse que, na época em que tinha o aplicativo, nunca chegou a sair com alguém que conheceu por ele.

"Eu não tô em aplicativo nenhum. Poderia? Poderia. Que o quê? Não tô fazendo nada. [risos]. A minha conta no Raya já foi desativada há anos. Não tinha que comprovar que tinha um milhão na conta. E queria dizer também que nunca saí com ninguém que conheci no aplicativo", completou.

"