Futebol

Morando no Rio, regatiano exalta amor pelo CRB e crê em vitória contra o Vasco

Levi Ferreira é um alagoano que reside na capital carioca há 18 anos e não perde o amor pelo Galo

18/05/16 - 14h08
Arquivo Pessoal

De passagem pelo Rio de Janeiro, o CRB enfrenta o Vasco na noite desta quarta-feira, 18, pelo jogo de volta da segunda fase da Copa do Brasil. Apesar do número muito mais vascaínos do que regatianos na cidade carioca, um torcedor se destaca pelo amor que tem pelo Galo da Praia.

Levi Ferreira, de 40 anos, é um alagoano que trabalha como vigilante bancário e mora há 18 anos no Rio de Janeiro. Pelas ruas da “Cidade Maravilhosa”, o torcedor veste as camisas do alvirrubro e não esconde a paixão pelo time de Alagoas, mesmo separados pela distância.

Apesar das dificuldades, o vigilante não deixa o fanatismo pelo CRB de lado e acompanha o clube através do portal TNH1 e da Rádio Pajuçara FM 103,7. Levi não perde uma resenha esportiva do Pajuçara Futebol Clube no início da noite, e também nesse período, confere as matérias do time no site local.

Levi é presença frequente nos jogos da equipe alagoana na região. Quando o CRB enfrentou o Madureira pela fase decisiva da Série C em 2014, o torcedor marcou presença nas arquibancadas do Estádio Conselheiro Galvão. Na temporada passada, também estava apoiando o time na Série B contra o Botafogo, e nesta quarta estará torcendo por uma vitória regatiana contra o Vasco pela Copa do Brasil.

Antes de tocar a vida na cidade carioca, o torcedor guarda algumas lembranças de quando frequentava o Estádio Rei Pelé. “O bicampeonato de 1993 não sai da minha memória. Pela primeira vez, eu entrava em um estádio de futebol. Foi especial porque fui escondido, já que meus pais não deixavam, e conseguimos ser campeões em cima do CSA”, destaca o vigilante.

Para o jogo desta noite, a expectativa de Levi é que o Galo construa a vitória e se classifique de forma inédita para a próxima fase do torneio nacional. “Estou esperando vencer, pois mesmo jogando em São Januário, tenho confiança nas condições da equipe. O CRB vem embalado com o título estadual e com a vitória em cima do Londrina pela Série B. No futebol, tudo pode acontecer”, disse o torcedor.

Em busca de um lugar no chaveamento seguinte da competição, Vasco e CRB duelam às 19h30, no Estádio de São Januário. Com o triunfo vascaíno por 1 x 0 no primeiro confronto, o Galo precisa de uma vitória por mais de um gol para avançar no torneio.