Maceió

Morre segunda vítima de atropelamento na Avenida Fernandes Lima

Tiago Logan* | 24/07/21 - 07h07 - Atualizado em 24/07/21 - 07h21
Reprodução / Redes Sociais

O Hospital Geral do Estado (HGE) confirmou, por meio de boletim médico divulgado na noite dessa sexta-feira (23), o falecimento de José Cícero da Silva Santos, a segunda vítima do atropelamento na Avenida Fernandes Lima.

Durante o dia de ontem, José Cícero, que já havia dado entrada na unidade em estado grave, permaneceu intubado e mantido em ventilação mecânica. Ele chegou a ser submetido a uma cirurgia na face, como também a passar por drenagem no tórax e fixação de pelve. Mesmo com todos os procedimentos, ele não resistiu e veio a óbito às 18h45.

De acordo com o boletim, Quitéria Gonçalves de Amorim, de 46 anos, que trafegava na garupa da moto da vítima, foi transferida para a área de internação. O quadro dela é considerado estável.

O casal foi atropelado por um motorista que conduzia um Jeep Renegade nas primeiras horas da manhã da sexta-feira. O condutor invadiu a contramão da Avenida Fernandes Lima e se chocou com duas motocicletas. Um homem não resistiu aos ferimentos e morreu ainda no local do atropelamento. 

O bancário de iniciais S.P.S.F., que causou o acidente, estava sob efeito de álcool e foi detido em flagrante pela polícia. Ele foi autuado pelos crimes de homicídio culposo (quando não há intenção de matar) e lesão corporal culposa na direção de veículo automotor.

*Estagiário, com supervisão da editoria