Brasil

Motorista embriagado erra a curva e carro invade padaria no interior de SP

TNH1 com UOL | 16/02/21 - 11h29 - Atualizado em 16/02/21 - 11h33
Reprodução

Um carro dirigido por um motorista embriagado invadiu uma padaria em Mirassol (a 453 quilômetros de São Paulo). Segundo a Polícia Militar, o homem teria perdido o controle da direção ao tentar fazer uma curva. Desgovernado, o Ford Ka passou pelo canteiro central, cruzou a faixa oposta da avenida, voou e atingiu em cheio o salão do estabelecimento.

O motorista - que não teve o nome divulgado - foi preso em flagrante, após constatada a embriaguez. Ele foi levado para a Divisão Especializada de Investigações Criminais (Deic) de São José do Rio Preto. O homem pagou uma fiança de R$ 1.100 e foi liberado.

Além da porta de vidro, duas geladeiras de bebidas, um aparelho climatizador e dois balcões de atendimento foram atingidos. O prejuízo para o dono da padaria é estimado em R$ 25 mil.

"A padaria tem seguro, mas ele não cobre esse tipo de situação. O prejuízo foi grande", disse o dono da padaria, Paulo Porto.

O empresário afirmou ainda que parentes do homem que dirigia o carro disseram que ele vai arcar com o prejuízo. "Vou esperar, se não der em nada, terei que tentar a Justiça."

O caso foi na madrugada de anteontem, por isso, a rua estava deserta e nenhum funcionário trabalhava no local. Ninguém ficou ferido.

Carro era emprestado

UOL apurou que o motorista não era o dono do carro. Ele estava em uma festa e teria pegado o veículo emprestado com um amigo para comprar bebida alcoólica.

Um vídeo que circula pela internet mostra a surpresa de um morador do bairro ao ver os estragos no local.

"Como ele conseguiu fazer essa curva e entrar tão certo na padaria? Nossa, ele quebrou o vaso"

O vaso a que a pessoa se refere é uma das quatro floreiras de cimento instaladas na calçada, justamente para evitar que veículos se aproximem da entrada do estabelecimento.

"São 25 anos com a padaria. Já não basta a crise que estamos vivendo e, agora, tem esse caso que deixa ainda mais difícil", disse o dono.