Brasil

MP denuncia marido de missionária Bianca Toledo suspeito de abusar de enteado

08/07/16 - 14h43 - Atualizado em 08/07/16 - 17h18
Reprodução

O MPRJ (Ministério Público do Rio) denunciou à Justiça o pastor Felipe Garcia Heiderich, suspeito de abusar do enteado, filho da missionária e cantora Bianca Toledo. Segundo o MP, ele foi denunciado por estupro de vulnerável e a denúncia foi oferecida na quinta-feira (7).

De acordo com o MP, o suspeito praticou diversos atos libidinosos com o menino de cinco anos. O documento, que tem como base a investigação da DCAV (Delegacia da Criança e Adolescente Vítima), aponta que a prática ocorreu até o dia 11 de junho deste ano.

O órgão também pediu à Justiça a revogação da prisão temporária do acusado, por entender já ter conseguido obter, na fase de investigação, os elementos necessários para propor a denúncia. Entretanto, o MP pede a aplicação de outras medidas cautelares, como a proibição de contato do denunciado com a criança e a mãe, uma distância-limite de 250 m entre eles, proibição de deixar o Rio e o recolhimento do passaporte.

Preso após denúncia da mulher

Felipe Heiderich está preso deste a última segunda-feira (4) por agentes da DCAV (Delegacia da Criança e Adolescente) na cadeia destinada para presos por estupro, conhecida como Bangu 10, no Complexo Penitenciário de Gericinó. Heiderich foi denunciado pela mulher por abusar sexualmente do filho dela, de cinco anos de idade. Bianca também é pastora.

No final da tarde de quarta (6), a Justiça do Rio negou o pedido de liberdade feito pela defesa de Felipe.

A criança é fruto do primeiro casamento de Bianca. Ela foi à DCAV no dia 22 de junho para denunciar que o filho foi abusado dentro da casa em que a família morava, no Recreio dos Bandeirantes. A delegada Cristiana Bento instaurou um inquérito e pediu a prisão temporária de Felipe, com base nas provas coletadas.

O advogado de Felipe, Leandro Meuser, utilizou o perfil de seu cliente para dar a versão dele dos fatos. Na publicação, Meuser afirma que "as acusações formuladas contra Felipe são inteiramente falsas". E pede orações "para que ele tenha forças para superar essa grave injustiça".