Geral

Muito além da cozinha: entenda como o vinagre pode ser o melhor amaciante de roupas que você já viu

03/07/16 - 11h09 - Atualizado em 03/07/16 - 11h14
Reprodução

Quer fazer uma enorme economia na limpeza e conservação de suas roupas? Algo com qualidade e que vai lhe trazer também benefícios para a saúde e ajudar também ao meio ambiente?

Acredite: o vinagre pode ir muito além do que um simples tempero de cozinha. Ele remove manchas, suaviza o ambiente, deixa brilho, é natural e, o melhor de tudo, é baratinho! Qualquer um, independente de marca, pode ser seu grande aliado para manter as roupas limpas.

Veja algumas utilidades que podem fazer diferença em suas roupas, e principalmente, no seu bolso:

 Amaciante

Você não precisa comprar amaciantes caros. Adicione 1 xícara de vinagre na lavagem de suas roupas e pronto: roupas macias!

Muitas pessoas têm medo de usar vinagre nas roupas porque ele tem um cheiro forte. Mas a gente garante que isso não acontece. Durante a secagem das roupas, o odor típico do vinagre desaparece por completo.

Removedor de produtos químicos

Adicionar vinagre aos ciclos de lavagem ajuda a remover os resíduos de sabão e outros produtos químicos que se acumulam na roupa, estragando o tecido e prejudicando a nossa pele.

Antiodor e cheiro de mofo

Para tirar o cheiro forte de suor de algumas roupas ou cheiro de mofo a dica é a mesma - adicione 1 xícara de vinagre durante a lavagem. Faça uma mistura de vinagre e água (pode ser na proporção 1 xícara de vinagre e 2 de água) numa bacia e coloque suas roupas de molho por uma hora.

Mas por que o vinagre funciona?

O coordenador do Núcleo Alquimia do Instituto de Química da Universidade Paulista "Júlio de Mesquita Filho" (Unesp), campus Araraquara, Rodrigo Fernando Costa Marques, explica que durante o processo de lavagem das roupas, ao entrar em contato com a água, a parte polar da molécula do sabão se liga à agua e a parte apolar à gordura. Durante o enxague, as moléculas do detergente saem com a água levando a gordura. Porém, mesmo após o enxague, o excesso de moléculas do sabão fica aderido à fibra, conferindo carga negativa ao tecido. Como no caso dos ímãs, as fibras passam a se repelir, o que dá à roupa aquela característica áspera e ressecada.

“É aí que entra o vinagre", afirma o professor. Segundo ele, "ao adicioná-lo à lavagem, o ácido acético da substância consegue neutralizar as cargas negativas deixadas pelo sabão, da mesma forma como faz o amaciante”.