Futebol

Na era dos pontos corridos, Galo tem o seu melhor início na Série B

Dentro do G4, CRB melhorou o seu desempenho na competição em relação aos últimos dez anos

08/07/16 - 17h09 - Atualizado em 08/07/16 - 17h24
Pei Fon / Portal TNH1

Na 4ª posição da Série B, o CRB tem o seu melhor início desde que a competição começou a ser disputada no formato de pontos corridos. Há exatamente dez anos, quando o campeonato mudou a fórmula de disputa, o Galo conseguiu quebrar alguns tabus nesta temporada e realiza uma campanha com quase 60% de aproveitamento.

Em 2006, o primeiro ano em que o torneio teve 20 clubes que duelaram entre si em jogos de ida e volta, o CRB chegava na 15ª rodada com 19 pontos conquistados e figurava na 11ª colocação. No ano seguinte, o time regatiano apareceria com 18 pontos e em 12º lugar. Na temporada de 2008, o Galo fez uma péssima campanha do início ao fim e foi lanterna desde a 8ª rodada. No final, acabou sendo rebaixado para a Série C.

O alvirrubro retornou à 2ª divisão nacional em 2012, porém viria a cair novamente ao término do torneio. Mas, a equipe chegava na 15ª rodada como 10º colocado com o somatório de 20 pontos. O regresso do Regatas aconteceu no ano passado. Assim como três anos atrás, o time também ocupava a metade da tabela quando chegou à rodada de número 15 da competição. O Galo estava na 11ª posição, com 18 pontos.

Outra comparação em que o CRB conseguiu mostrar uma evolução é em relação à quantidade de vitórias no campeonato até o momento. Com oito triunfos, sendo quatro deles fora de seus domínios, o time regatiano conseguiu contrariar os principais apostadores e hoje figura como um dos candidatos ao acesso à primeira divisão. 

Atualmente, o Regatas acumulou oito vitórias, um empate e cinco derrotas na Série B de 2016. Pelo menos com a 4ª posição garantida por mais uma rodada, o alvirrubro encara o Náutico-PE na tarde deste sábado à procura de manter o bom momento e melhorar os números na temporada.