Geral

Pajuçara Management: R$ 9,99 faz a diferença para o cliente

26/04/16 - 12h12 - Atualizado em 05/05/16 - 10h37
Assessoria

Na opinião do publicitário Renato Meirelles, colocar ofertas de R$ 9,99 em vez R$ 10,00 faz toda diferença. Não pelo centavo, mas pela percepção que o consumidor encontra de que vai fazer o melhor preço. “Quando o cliente vê R$ 9,99, vai pechinchar e buscar o desconto maior na hora da compra”. Meireles é um dos convidados confirmados do Pajuçara Management 2016, o maior evento de gestão empresarial do Norte e Nordeste, entre os dias 7 e 8 de junho, no Centro Cultural e de Exposições Ruth Cardoso, com o tema "Superação e Legado para as próximas gerações".

Renato Meirelles é autor do livro "Um jeito fácil de levar a vida" e colaborador de "Varejo para baixa renda". Há alguns anos, ele se dedica a estudar os novos consumidores brasileiros em tempos de crise e é esse o assunto que ele vai trazer para o Pajuçara Management 2016.

“Vamos falar sobre os consumidores que melhoraram de vida nos últimos anos, os consumidores emergentes das classes C e D, a nova classe média brasileira e o comportamento de consumo durante a crise”, reforçou.

O palestrante vai apresentar, nesse perfil de consumidor, quem compra mais, quem reduziu o consumo e quais setores podem se dar bem mesmo nesse cenário de crise política e retração econômica. “Vai ser um prazer estar em Maceió dividindo tudo o que o Data Popular tem aprendido nos últimos 15 anos estudando o consumidor brasileiro. Não poderia deixar de abordar o jeitinho brasileiro de lidar com essa situação de crise que passa o Brasil”, completou.

Como sócio do Instituto Data Popular, responsável por mais de 200 pesquisas sobre o comportamento do consumidor de baixa renda, Meireles destaca a importância desse trabalho.

“Foi muito interessante passar da pesquisa de mercado para o desenvolvimento de estratégia de negócio, porque a pesquisa te dá a oportunidade de se colocar no lugar do cliente, de pensar como esse freguês, como ele enxerga a oferta, se é melhor o empresário colocar no preço de um produto a informação de que há 30% de desconto ou se é melhor dizer "de R$ 100 reais por R$ 70", por exemplo. Por isso é interessante se colocar no lugar do cliente e ver que aquele produto vagabundo e baratinho para vender para classes C e D não serve mais para o cliente do século 21”, revelou.

O publicitário passou um período viajando pelo Brasil e disse como foi interessante sair pelo país contando a história dessas pessoas, mas, também, aprendendo com elas. 

“É muito bacana descobrir que o Brasil não pensa da mesma forma. Descobrir a beleza do jeito de consumir da população nordestina, nessa forma resiliente de lidar com a crise e que consegue transformar cada problema em oportunidade. É um jeito mais inteligente de pesquisar preços, de pechinchar em busca da melhor oferta. Com certeza, esse é um jeito muito melhor e mais consciente do que o do consumidor de outro lugares”, ressaltou.

Grandes nomes

Outros grandes nomes do mercado brasileiro e do esporte também estão confirmados, como o empresário Carlos Wizard, o consultor de empresas Stephen Kanitz e o sociólogo Demétrio Magnoli.

Os interessados podem realizar inscrições pelo site ou pelos telefones 3031-3563 e 99657-0555, com ofertas especiais até 29 de abril. Estudantes e microempreendedores individuais contam com 10% de desconto, assim como empresas com mais de 10 colaboradores inscritos.