Polícia

Pedreiro que matou irmão a facadas é preso no bairro da Santa Lúcia

TNH1 | 21/06/24 - 10h45
Foto: Polícia Civil de Alagoas

Um homem, de 45 anos de idade, que trabalha como pedreiro, foi preso em Maceió por policiais civis do Núcleo de Investigação Especial, por ter matado o próprio irmão a facadas no interior de Alagoas. 

O crime, segundo informações da assessoria de comunicação da Polícia Civil, aconteceu no dia 21 de dezembro de 1997, na Fazenda Domingão, zona rural do município de Cajueiro. A vítima, José Cícero da Silva, tinha na época 20 anos de idade. 

Ao ser ouvido, o pedreiro confessou o crime e disse estar arrependido, reconhecendo que matou o irmão nos fundos da casa dos pais por causa de discussões ocorridas por motivos banais.

O acusado foi encontrado na casa onde estava morando com a mulher e uma filha, na Rua Buenos Aires, no bairro Santa Lúcia, em Maceió, depois de ter saído da residência anterior, no bairro do Pinheiro, por causa do afundamento do solo.

O chefe de operações do Niesp, Welber Cardoso, explicou que a mudança dificultou a localização do acusado cujas diligências duraram cerca de 60 dias. Ele, agora, vai permanecer preso para responder pelo homicídio.