Mercado de Trabalho

Personal organizer: conheça esse profissional que ganhou ainda mais evidência com a pandemia

Assessoria | 06/09/21 - 15h05 - Atualizado em 06/09/21 - 15h32
Rossana Monteiro: organização da casa de forma mais estratégica leva a mais bem-estar e qualidade de vida | Fotos: Rogério Maranhão

Quando a pandemia forçou a sociedade a um olhar mais profundo sobre o lar, a organização doméstica voltou ao foco e aí a figura do personal organizer ganhou destaque. Embora a cada dia as pessoas conheçam mais sobre o assunto, ainda há muitas dúvidas em torno do que o profissional oferece, como são os serviços e o que pode ser transformado, quando o assunto é organização da casa.

Referência em organização no mercado de luxo em Alagoas, a personal organizer Rossana Monteiro, explica os benefícios de contratar esse tipo de profissional. Sua formação em Arquitetura e Urbanismo - com especialização em Gestão de Projetos e Gerenciamento de Obras pela FAUSP - serve de base para garantir espaços funcionais para distribuir o acervo de seus clientes. Confira a entrevista. 

►Por que o personal organizer vem se tornando tão importante?

Ele auxilia seus clientes por meio de técnicas e ferramentas para ajudar na organização, que gera uma transformação que se reflete no bem-estar e na qualidade de vida das pessoas.  O meu papel, quando eu vou à casa de um cliente, não é apenas organizar por ele, mas ensiná-lo a organizar sua casa. Ele passa a pensar a organização de uma forma mais sistemática e estratégica e, com isso, passa a ter muito mais bem-estar e qualidade de vida. 
A partir do momento em que elas descobrem que é possível ganhar tempo, otimizar os processos e ter mais qualidade de vida, elas percebem que faz sentido investir na melhoria da organização da casa e ter todos os benefícios que tal mudança oferece. 

►Quais são as principais dificuldades das pessoas quando o assunto é organização da casa? 
O primeiro ponto é o reconhecimento do problema. A pessoa precisa reconhecer que não sabe organizar e que está tendo dificuldades.
Depois porque a vida das pessoas hoje está muito corrida, e elas acabam deixando a organização de lado. Isso prescinde mudança dos hábitos.
Por fim, há o excesso de itens que levamos para dentro de casa. Porque em virtude da dificuldade em desapegar, esses elementos acabam acumulando e dificultando muito a organização. 

►Em que situações o trabalho desse profissional faz diferença?
Eu acredito que seja um tipo de trabalho que independe do contexto, seja uma casa com uma pessoa ou uma casa com 10 pessoas, se é um escritório ou se é um outro espaço físico, é o trabalho de um profissional que consegue mudar o ambiente em que a pessoa vive e ajudar para que ela tenha muito mais praticidade, bem-estar e qualidade de vida.

►Existe uma segmentação acerca dos serviços realizados? 
Existem os profissionais que oferecem o serviço de organização pelo cliente, buscando também transformar a maneira de pensar e agir de uma forma mais definitiva. 
E também existem profissionais que têm todo um processo de triagem além de avaliação de hábitos e costumes. Esse é o meu caso. Gosto de entender e ajudar de forma mais personalizada o que a pessoa precisa e crio assim uma melhor rotina para ela.

►Como você despertou para a profissão?
Pode até parecer algo latente para algumas pessoas, mas a capacidade de organização – de fato – é um dom. Com a falta de tempo por causa da correria do dia a dia, a Organizer ganha cada vez mais espaço no mercado, pois além de ‘azeitar’ uma casa ou local de trabalho, essa profissional aplica técnicas específicas para deixar a rotina de seus clientes mais prática. Aí sobra tempo para se dedicar às suas verdadeiras paixões. Eu sempre gostei de organizar. Desde pequena era organizada, herdei dos meus pais. Quando meus clientes de arquitetura passaram a me solicitar que organizasse seus armários e acervos senti a necessidade de conhecer mais o tema. Por fim, me especializei na área: participei presencialmente do Curso de Personal Organizer Home Pro Ouro OZ – em São Paulo, além de Organizer para o Mercado de Luxo e Premium por Paula Furlan, Organização Residencial com Micaela Góes, Baby Organizer e Mom Planner com Carla Coelho.

Buscando o aperfeiçoamento, participei ainda da Conferência Organizer Padrão Luxo e Premium com Paula Furlan – 2021 - e do Congresso Personal Organizer Brasil desde 2015. E talvez por eu já gostar do assunto, fui me apaixonando! Assim, passei a identificar os erros simples que a gente comete no dia a dia e que geram um problema enorme de bagunça.

Formada pela Ufal, Rossana Monteiro cursou Personal Organizer com os maiores nomes do mercado, a exemplo de Paula Furlan, Micaela Góes e Carla Coelho

►Qual é o futuro do personal organizer pós-pandemia?
As pessoas que tiveram de ficar mais tempo dentro de casa perceberam o quanto é o lugar em que podemos ter o controle.
Com a pandemia, fomos confrontados com a própria bagunça e virou um divisor de águas que mostrou para as pessoas a importância da organização.

►Por que Contratar uma Personal Organizer?
A resposta é simples: para ter mais qualidade de vida e aumentar a sua produtividade. Muita gente tem muita dificuldade em colocar as coisas nos seus devidos lugares. Por outro lado, há quem tenha um talento nato para deixar a vida muito mais fácil.  Uma casa ou ambiente de trabalho organizado aumenta a produtividade e poupa tempo para executar tarefas realmente imprescindíveis.
Já parou para pensar em quanto tempo você perde procurando uma roupa quando o closet está bagunçado? E quando você não encontra as chaves do carro? Quantas vezes você não voltou para casa porque esqueceu de pegar algo importante que deveria estar em um lugar mais acessível? Esses pequenos contratempos podem ser eliminados com o nosso auxilio, que vai ajudar a construir um fluxo orgânico para as tarefas do dia a dia.