Nordeste

Polícia de SE procura suspeito de estuprar menina de 11 anos

João Victor Souza | 09/10/20 - 10h44 - Atualizado em 09/10/20 - 10h53
Reprodução

As forças de segurança de Sergipe seguem em busca do suspeito de ter cometido violência sexual contra uma menina de 11 anos no município de Nossa Senhora do Socorro, na região metropolitana de Aracaju. As informações foram passadas ao TNH1 pela Secretaria de Segurança Pública do Estado. 

O caso ganhou repercussão em Alagoas após um vídeo ter sido compartilhado nas redes sociais com a mensagem de que o estupro teria acontecido no bairro de Petrópolis, em Maceió. O TNH1 já havia entrado em contato com as polícias Militar e Civil, que afirmaram desconhecer o fato.

Segundo a SSP-SE, a vítima e os familiares dela já prestaram esclarecimentos às autoridades em uma delegacia na capital sergipana. O Boletim de Ocorrência já foi encaminhado para a Delegacia de Atendimento a Grupos Vulneráveis (DAGV) de Nossa Senhora do Socorro, que vai ser responsável pela investigação.

O órgão também negou as informações passadas por áudios de Whatsapp, nesta sexta-feira, de que o suspeito teria sido encontrado morto. A SSP-SE não confirmou à reportagem se o agressor foi identificado como André, com apelido "Macaxeira", como também foi compartilhado na internet.

Ela informou que vai passar novidades sobre o caso em "momento apropriado" e que os policiais já trabalham com informações conseguidas sobre o homem.

Veja a nota na íntegra:

A Polícia Civil e a Polícia Militar trocaram informações nesta quinta-feira (08) depois que um vídeo com uma possível tentativa de estupro na região de Nossa Senhora do Socorro passou a circular em redes sociais.

O Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp) foi acionado no final da tarde e equipes da Polícia Militar realizaram várias diligências na região onde o crime foi flagrado.

O vídeo é feito por um homem, que entra num matagal e flagra o crime. O autor foge e abandona a vítima, que pede ajuda. O fato será investigado pela Delegacia de Atendimento a Grupos Vulneráveis de Nossa Senhora do Socorro.

Os policiais trabalham para identificar a vítima, a fim de coletar depoimento e saber detalhes do que possa ter acontecido. Há informações iniciais sobre o suspeito do crime, que já estão sendo trabalhadas pelas equipes policiais.

No período da noite, a jovem e seus familiares prestaram esclarecimentos no plantão do DAGV, em Aracaju, e relatou como aconteceu o crime. O boletim de ocorrência foi encaminhado ao DAGV de Nossa Senhora do Socorro, que conduzirá a investigação.

Outras informações serão repassadas em momento apropriado.