Polícia

Polícia prende agentes de segurança flagrados em agressão em Branquinha

Redação TNH1 | 07/02/19 - 16h56 - Atualizado em 07/02/19 - 18h38

A polícia prendeu, na tarde desta quinta-feira (07), os dois agentes de segurança flagrados agredindo um rapaz, que supostamente teria desaparecido logo depois, no município de Branquinha, interior de Alagoas. A ação aconteceu em cumprimento a mandados de prisão expedidos pela Justiça.

De acordo com o delegado Sidney Tenório, responsável pelo Distrito Policial da região, Jaelson Ferreira da Silva e Carlos Roberto da Silva foram ouvidos no Centro Integrado de Segurança Pública (Cisp) e ficaram reclusos na delegacia ao término da audiência. Dois aparelhos celulares e uma arma de fogo foram apreendidos.

De acordo com a Polícia Civil, os dois são suspeitos de sumir com Wanderson Alves dos Santos, 18 anos. Um corpo com as mesmas características dele foi encontrado em um riacho próximo à cidade no último domingo (03). A polícia investiga se o cadáver é do rapaz. "As roupas são semelhantes e não havia mais ninguém desaparecido na região", disse o delegado.

O Portal TNH1 entrou em contato com a assessoria de comunicação do Instituto Médico Legal e foi informado que o corpo ainda não foi identificado.

No fim desta manhã, o Sindicato dos Guardas Municipais de Alagoas (Sindguarda) denunciou à imprensa que os profissionais registrados nas imagens não seriam guardas municipais.

O caso

Um vídeo divulgado nas redes sociais, nessa quarta-feira (06), mostra a ação de dois homens que chegam em uma viatura da Guarda Municipal e abordam Wanderson Alves dos Santos no meio da rua. Os agentes agrediram o homem com tapas e socos e o colocou na mala do veículo. Após a abordagem, que aconteceu no último dia 28, o rapaz desapareceu.