Futebol

Presidente do CSA analisa possibilidade de venda de mando de campo na Série A

Paulo Victor Malta | 13/05/19 - 18h43 - Atualizado em 13/05/19 - 18h44
Alisson Frazão / CSA

Um assunto tem chamado a atenção para os próximos jogos do CSA em Maceió: a possibilidade de vender o mando de campo na Série A do Brasileirão. Em entrevista ao repórter Henrique Pereira nesta segunda-feira (13), o presidente do Azulão, Rafael Tenório, afirmou que está analisando a possibilidade e que vai dar um posicionamento ao torcedor nesta terça-feira (14). 

"Em relação à venda do mando de campo do CSA, pelo Regulamento da CBF, todo clube mandante pode fazer cinco vendas. Lógico que tem pessoas e empresas que negociam, comprando o mando de campo para levar principalmente para Manaus, Brasília e Cuiabá. Não seria diferente com o CSA. Nós recebemos alguns empresários demonstrando interesse em comprar jogos do CSA contra Flamengo, São Paulo, Vasco... Estamos analisando com o presidente Raimundo Tavares. Vamos buscar o que for melhor para o clube, o que for melhor para a nossa torcida. Respeitamos demais a nossa torcida, temos o maior carinho. Estamos chegando agora de viagem, passamos oito dias fora. Vamos sentar para decidir isso. Amanhã a gente já dá uma posição definitiva para a nossa torcida e para a imprensa como é que nós vamos nos comportar em relação à venda de mando de campo", explicou o dirigente. 

Com três pontos na tabela, o CSA ocupa a 17ª colocação. O Azulão vai jogar com o Internacional no próximo domingo (19), às 16h, no Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, pela quinta rodada da Série A do Brasileirão. O time azulino volta a jogar em Maceió no dia 27, às 20h, contra o Goiás, no Trapichão.