Curiosidades

Primeira aparição do Homem-Aranha é agora a HQ mais cara da história

Olhar Digital | 10/09/21 - 13h00 - Atualizado em 10/09/21 - 13h04

Acha que sua coleção de quadrinhos (HQs) tem algum valor? Provavelmente não se compara ao exemplar de ‘Amazing Fantasy #15’, lançado pela Marvel Comics em 1962. A publicação, reconhecida por marcar primeira aparição do Homem-Aranha no universo de personagens da editora, foi vendida em um leilão pelo preço de US$ 3,6 milhões (R$ 19 milhões, na atual cotação do dólar). Agora, a revista é a mais cara da história.

A edição – roteirizada por Stan Lee, desenhada por Steve Dikto e com arte da capa assinada por Jack Kirby – foi comercializada no evento Heritage Auction’s Signature Comics & Comic Art e possui nível de conservação da Certified Guaranty Company (CGC), uma das empresas que realiza análise do nível de qualidade de quadrinhos nos Estados Unidos (EUA), de 9.6 – ou seja, extremamente conservada (ainda mais para uma HQ feita em papel jornal há 60 anos).

Somente três outras cópias da mesma revista em quadrinhos conseguiram a mesma nota desde que a CGC foi inaugurada, de acordo com a entidade. A venda bateu o recorde de HQ mais cara da história, que até então pertencia à ‘Action Comics #1’ – que marcou o aparecimento do Super-Homem nas páginas da DC Comics. Em leilão, um exemplar foi capaz de arrecadar US$ 3.25 milhões (mais de R$ 18 milhões).

No caso de ‘Amazing Fantasy #15’, a marca anterior foi em 2011, quando uma edição chegou a ser vendida por US$ 1,1 milhão (cerca de R$ 5,82 milhões na conversão direta). Desde então, outras edições da revista foram disponibilizadas para venda, todavia nenhuma delas batia o recorde até a HQ leiloada em 2021.

“A edição possui aquela que é certamente a mais conhecida trama da Marvel. As muitas adaptações para cinema garantem [a afirmação], visto que a edição traz uma das histórias de origem mais famosas da banda-desenhada, com Peter Parker a ganhar os seus poderes, seguindo-se a morte do seu tio Ben”, declarou a CGC em nota à imprensa. “Essa história é da responsabilidade de Stan Lee e Steve Ditko, e a inesquecível capa foi da responsabilidade de Jack Kirby. O Homem-Aranha foi um sucesso tal, que o vimos de seguida com o seu próprio número, ‘Amazing Spider-Man #1’, e o resto é história”.

Entusiastas do mercado de coleções de HQ’s especularam ao site Gamespot e outros veículos de imprensa que’ Amazing Fantasy #15′ pode ter atingido tal valor como a HQ mais cara da história pela grande expectativa gerada pelo próximo filme do “cabeça-de-teia”, ‘Homem-Aranha: Sem Volta Para Casa’ (o terceiro protagonizado por Tom Holland como Peter Parker), que tem estreia marcada para dezembro.