Educação

Provas do segundo dia do Enem são aplicadas em todo o país

MEC | 10/11/19 - 15h10
Agência Brasil

As provas de ciências da natureza e matemática do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) começaram a ser aplicadas às 13h30 deste domingo, 10 de novembro. São mais de 1,7 mil municípios e 10.133 locais de provas em todo o país — no primeiro dia, 3,9 milhões dos 5,1 milhões de inscritos participaram. O segundo dia do exame termina às 18h30.

Os candidatos respondem 90 questões. Metade sobre ciências da natureza e as outras 45 sobre matemática. Diferentemente do primeiro dia, neste não há redação.

O estudante Ayrton Jorge Nassif, de 19 anos, não perdeu tempo. O jovem estava em frente ao portão da União Pioneira de Integração Social (Upis), instituição de ensino de Brasília no qual fará a prova, às 11h30, meia hora antes do início. “O Enem é uma das formas de entrar em uma boa universidade e é importante para a vida adulta”, disse.

Para Bárbara Francisca Soares, 17 anos, o segundo dia promete ser mais trabalhoso que o primeiro. “Achei o primeiro dia bem tranquilo. A redação teve um tema que eu gosto [Democratização do acesso ao cinema no Brasil], mas agora, de exatas, acho mais difícil. É lembrar das fórmulas e tentar fazer uma boa prova”, afirmou.

A partir das 15h30, os participantes poderão deixar os locais de prova. Antes disso, serão eliminados. Para levar o caderno de questões, porém, é necessário esperar mais. Os candidatos precisam sair a partir das 18 horas, meia hora antes do término, às 18h30.

Novidades

Para garantir maior segurança, a edição 2019 do Enem trouxe uma novidade: o participante que levar aparelho eletrônico, como celular ou relógio, e este tocar durante a prova será eliminado na hora. Isso vale para ligações telefônicas e alarmes, por exemplo, mesmo que o equipamento esteja lacrado no envelope abaixo da carteira.

Com a nota obtida no Enem, os estudantes poderão cursar a graduação em universidades públicas e privadas. É possível também conseguir financiamento estudantil e participar de programas como Sisu e o Prouni. Quem tem o sonho de estudar fora do Brasil, pode ainda usar a nota para ingressar em cursos de 42 instituições de Portugal, pelo Enem Portugal.

"