Mundo

Quem era Lorenzo Somaschini, piloto de 9 anos que morreu em acidente grave de moto

Gabriel Amorim* | 19/06/24 - 11h42
Crédito: Reprodução / Instagram

Lorenzo Somaschini, de apenas 9 anos, faleceu nessa segunda-feira (17) após permanecer em estado grave por três dias. A criança sofreu um acidente durante uma competição de motovelocidade no Autódromo de Interlagos, em São Paulo, na última sexta-feira (14). Na Argentina, o garoto era considerado um “menino prodígio”.

Também conhecido como “Lolo”, Lorenzo nasceu em 17 de julho de 2014 em Rosário, Santa Fé. Desde pequeno, o jovem demonstrou paixão por motos e havia estreado em competições oficiais neste ano.

Ele iniciou a carreira com destaque na Junior Cup do Superbike Argentino, o que fez seu nome ganhar destaque para competições ao redor do mundo. Meses atrás, o pequeno “Lolo” deu entrevista ao jornal “La Capital”, onde revelou o objetivo de chegar até a MotoGP, o mais alto campeonato da disciplina.

Lorenzo Somaschini, de 9 anos, andava de moto desde a infância — Foto: Reprodução

Pequeno "Lolo" | Crédito: Reprodução / Instagram)

A estreia de Lorenzo em competições internacionais aconteceu durante o primeiro treino livre da “SuperBike Brasil”, no Autódromo de Interlagos, em São Paulo. A categoria que o piloto estava inscrito é voltada para crianças e adolescentes de 8 a 18 anos.

Enquanto treinava, o piloto sofreu uma queda e, de acordo com o jornal “El Clarín”, teria batido a cabeça. O acidente aconteceu após um highside - manobra de alta velocidade. Os pneus da moto perderam a aderência e o menino acabou deslizando.

O piloto chegou a ser socorrido e levado até o Hospital Geral da Pedreira (SP). Em estado grave, ele foi transferido para o Hospital Albert Einstein no sábado (15), onde não resistiu e morreu.

Em nota, a SuperBike Brasil lamentou o ocorrido e informou que presta assistência à família de Lorenzo desde o dia do acidente. Confira:

"O SuperBike Brasil comunica, com muita tristeza e pesar, o falecimento do piloto Lorenzo Somaschini nesta segunda-feira (17/6), às 19h43. O argentino, natural de Rosário, estava internado no Hospital Albert Einstein, em São Paulo (SP), sob cuidados médicos intensivos e, infelizmente, não resistiu.

A organização do SuperBike Brasil está prestando total assistência à família do piloto desde sexta-feira (14/6), quando o argentino teve uma queda durante o primeiro treino livre da Jr Cup, válido pela 4ª etapa do SuperBike Brasil, no Autódromo de Interlagos. Logo que caiu na saída do Pinheirinho, o piloto foi prontamente atendido no local pela equipe médica em ambulância UTI. Na sequência, foi encaminhado para a sala de emergência do autódromo, onde houve a estabilização do seu quadro clínico. Após esse procedimento, foi realizada a remoção médica, em unidade de suporte avançada (UTI móvel) para o Hospital Geral da Pedreira, onde permaneceu até a madrugada de sábado (15/6), seguindo todos os protocolos médicos até ser feita a transferência para o Hospital Albert Einstein.

Todos da equipe do SuperBike Brasil estão consternados com o acontecimento e manifestam sinceros sentimentos a todos familiares e amigos de Lorenzo."

*Estagiário sob supervisão, com O Globo