Economia

Sebrae e Sefaz promovem palestra com orientações sobre emissão de Nota Fiscal Avulsa Eletrônica

Assessoria Sebrae AL | 22/09/20 - 14h50
Ilustração

Com o intuito de orientar os agentes de desenvolvimento e representantes de Salas do Empreendedor sobre a emissão de Nota Fiscal Avulsa Eletrônica, o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Alagoas (Sebrae em Alagoas) e a Secretaria de Estado da Fazenda de Alagoas (Sefaz/AL) irão promover uma palestra de capacitação online e gratuita. O evento acontece na próxima quinta-feira (24), a partir das 14h.

A analista da Unidade de Competitividade e Desenvolvimento do Sebrae, Tatiana Eigler, explica que a capacitação irá beneficiar Microempreendedores Individuais (MEIs) e produtores rurais, que são contribuintes diretamente interessados no serviço disponibilizado pela Sefaz/AL.

“Em parceria com a Sefaz, iremos realizar a capacitação para ensinar aos agentes de desenvolvimento e representantes de Sala do Empreendedor sobre como emitir a nota fiscal avulsa de comércio, tanto para o MEI como para o produtor rural. O intuito é que o MEI ou produtor rural que vende para pessoa jurídica possa emitir a nota pelo produto vendido”, informa a analista do Sebrae Alagoas.

A palestra será conduzida por Sérgio Machado, chefe de Documentos Fiscais da Sefaz. De acordo com ele, a Nota Fiscal Avulsa Eletrônica proporciona uma série de benefícios para as duas categorias de usuário deste serviço: os contribuintes (MEI e produtor rural) e os não contribuintes (pessoas físicas e jurídicas que não possuem atividade econômica de interesse da Fazenda).

“A Nota Fiscal Avulsa Eletrônica é um documento fiscal eletrônico, assinado digitalmente pela Sefaz nas mesmas normas e padrões técnicos da Nota Fiscal Eletrônica modelo 55. Ela tem como objetivos ampliar a prestação online de serviços da Sefaz, racionalizar e uniformizar a emissão desta obrigação acessória, agilizar o monitoramento e a fiscalização da Sefaz e substituir documentos fiscais em papel, nos modelos 1 e 4, por formato digital”, esclarece.

“Os benefícios desse sistema são redução de custos para o usuário, eliminação do talonário de nota fiscal, uniformização para a emissão deste documento e a agilização dos mecanismos de controle da Sefaz. O emissor ou o link disponibilizado pela Sefaz para fazer a geração desse documento fiscal é o nfae.sefaz.al.gov.br. O contribuinte vai inserir um usuário, que pode ser o CNPJ, o CPF ou a inscrição estadual com a senha obtida junto a uma Central de Atendimento da Sefaz no Já! ou uma Chefia Regional de Administração Fazendária”, complementa Sérgio Machado.

As inscrições para participação no evento estão sendo realizadas na plataforma Doity, por meio do endereço eletrônico https://bit.ly/3cnRplA.

Atendimento remoto e presencial

Devido ao novo coronavírus, os empresários da pequena empresa podem contar com o atendimento do Sebrae de forma remota e presencial. A equipe do Sebrae está mobilizada para atender as demandas dos empresários, que também podem contar com a estrutura de cursos online e gratuitos do portal EAD Sebrae com mais de 100 opções de cursos, basta acessar https://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/cursosonline.

O empresário pode entrar em contato com a instituição pelos canais remotos e digitais, como o portal sebrae.com.br/alagoas, 0800 570 0800, telegram t.me/sebraealagoas, whatsapp (82) 99999-5519, chat e e-mail fale.sebrae.com.br, instagram @sebraealagoas, twitter @sebraealagoas, facebook /SebraeAlagoas, youtube @sebraealagoas e o linkedIn Sebrae Alagoas.