Alagoas

Setor produtivo pede ao governo abertura de estabelecimentos em horário comercial

Paulo Victor Malta | 30/03/21 - 14h18 - Atualizado em 30/03/21 - 14h45
Foto: Itawi Albuquerque

Em ofício conjunto divulgado na tarde desta terça-feira, 30, 15 entidades do setor produtivo de Alagoas pedem ao Governo de Alagoas para autorizar que estabelecimentos como bares, restaurantes, lanchonetes e congêneres, possam reabrir em horário comercial no novo decreto que será anunciado às 17h de hoje

As entidades ressaltam que, no decreto em vigor, alguns serviços essenciais têm se mantido abertos, e, consequentemente, milhares de profissionais liberais permanecem cumprindo suas jornadas de trabalho presencialmente, a exemplo do comércio em geral e dos profissionais de saúde. "Estes trabalhadores estão se expondo por não terem, no presente momento, onde realizarem suas refeições de forma segura e confortável, durante o expediente de trabalho", diz trecho da nota.

"Nossa preocupação nesse momento, além de salvar vidas, é também garantir de forma segura, a diminuição do desemprego em nosso estado, visto que representamos o segundo maior setor gerador de empregos formais. Solicitamos, portanto, uma revisão do referido decreto, para que possa autorizar restaurantes, bares, lanchonetes e estabelecimentos congêneres, a funcionarem em horário comercial, atendendo e beneficiando, prioritariamente, aos alagoanos, que, no momento, precisam trabalhar presencialmente, e, consequentemente, atender, também, ao fluxo de turistas que estão visitando nosso estado. É muito importante conseguirmos manter, mesmo que minimamente, o setor “aquecido” para que, em um breve futuro, sua retomada se dê de forma mais rápida e eficaz", pontua o comunicado.

O ofício é datado do último dia 25 de março, mas só foi divulgada hoje. Clique aqui para ver o documento na íntegra.

Assinam o ofício as seguintes entidades so setor produtivo:

- Associação Brasileira de Bares e Restaurantes de Alagoas;
- Associação Brasileira de Indústria de Hotéis de Alagoas;
- Maceió Convention & Visitors Bureau;   
- Sindicato Empresarial de Hospedagem e Alimentação de Alagoas;
- Associação Brasileira das Agências de Viagens de Alagoas;   
- Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo de Alagoas;   
- Sindicato das Empresas de Turismo do Estado de Alagoas;   
- Costa dos Corais Convention & Visitors Bureau;
- Associação Brasileira de Shopping Centers;   
- Associação Aliança Comercial de Maceió;   
- Sindicato dos Guias de Turismo do Estado de Alagoas;   
- Associação Comercial, Industrial, Serviços e Agronegócio do Agreste Alagoano;   
- Federação do Comércio do Estado de Alagoas;   
- Associação Comercial de Maceió;   
- Praia do Francês Convention & Visitors Bureau.

Novo decreto

Com Alagoas atualmente na fase vermelha do Plano de Distanciamento Controlado no combate à Covid-19, o governador Renan Filho (MDB) anunciou que nesta terça, 30 de março, divulga o novo decreto de distanciamento social, em live a partir das 17 horas (acompanhe ao vivo pelo TNH1). Como havia adiantado o jornalista Ricardo Mota, em seu blog no TNH1o feriado de Páscoa motivou alteração no cronograma dos decretos, cuja validade venceria na sexta-feira, dia 02.

Como sempre, as novas medidas só serão conhecidas a partir da coletiva, mas pelo o que deu a entender o governador em entrevista nessa segunda, o novo decreto não deve ter grandes recuos. A tendência é que sejam mantidos os atuais niveis de isolamento em todo o estado, podendo haver, por conta do feriadão, um endurecimento nas restrições de funcionamento do comércio e na movimentação da população, que já teve circulação restringida pelo "toque de recolher".