Futebol Nacional

Sport demite Falcão após eliminação na Copa do Nordeste

18/04/16 - 16h43 - Atualizado em 18/04/16 - 16h45
Super Esportes

O Sport não ‘engoliu’ a eliminação para o Campinense, na semifinal da Copa do Nordeste, e na tarde desta segunda-feira anunciou a demissão do técnico Paulo Roberto Falcão. Ele vinha sendo muito contestado pela torcida e principalmente pela imprensa pernambucana. O auxiliar Thiago Gomes assume o time interinamente.

O time foi novamente muito mal no último domingo, quando perdeu para o Campinense, por 1 a 0, no tempo normal, e depois sofreu novo revés nos pênaltis, por 3 a 1, e acabou eliminado da competição. O clima no vestiário, que já não era bom, piorou após a queda em território paraibano.

Neste ano, Falcão dirigiu o Sport em 21 oportunidades, sendo dez vitórias, quatro empates e sete derrotas. Aproveitamento de apenas 53%. O time viveu de altos baixos. Venceu clássicos contra Santa Cruz e Náutico, mas também passou vergonha perdendo jogos para o modesto América e também para a sensação do Estadual, Salgueiro.

"O presidente do Sport Club do Recife, João Humberto Martorelli, deliberou a substituição do treinador Paulo Roberto Falcão e registra, neste momento, sua enorme admiração por este profissional, agradecendo os serviços prestados nesse período. O assistente técnico Thiago Gomes comandará a equipe no próximo jogo do Sport, nesta quinta-feira, contra o Salgueiro pela semi-final do Pernambucano, na Ilha do Retiro", anunciou o clube em seu site oficial.

A diretoria esperar definir em breve o nome do novo treinador. Alexandre Gallo, que deixou a Ponte Preta na sexta-feira, é o favorito para assumir o Leão da Ilha. Gallo que acabou demitido para que o time campineiro contratasse Eduardo Baptista, ex-Sport e que estava sem clube desde que deixou o Fluminense no início do ano.

O duelo de quinta-feira, contra o Salgueiro, é o primeiro das semifinais do Campeonato Pernambucano. A outra semifinal será entre Náutico e Santa Cruz.