Polícia

Veja como denunciar violência contra o idoso; Alagoas integra operação nacional

Gabriel Amorim* | 14/06/24 - 10h13
Alagoas integra operação nacional que visa o combate | Crédito: Rafa Neddermeyer / Agência Brasil

A Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP) de Alagoas deu início, na manhã desta sexta-feira (14), à Operação Virtude - promovida pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública, que visa combater a violência contra a pessoa idosa em todo o país.

De acordo com a Polícia Civil, a operação irá se estender até o dia 12 de julho. Esta sexta-feira é considerada como o Dia D. “Combate à violência contra os idosos, marcando um compromisso renovado com a proteção deste grupo vulnerável”, disse a polícia.

Em Alagoas, o delegado Daniel Mayer (diretor da Diretoria de Polícia Judiciária 1) está à frente da operação. Também atuam o tenente-coronel Iran Rêgo, chefe de Prevenção da Secretaria de Segurança Pública, o comandante-geral do Corpo de Bombeiros, o coronel Sérgio Verçosa, e integrantes da Secretaria de Estado da Saúde.

A operação visa a oficialização de medidas protetivas e a verificação das denúncias recebidas através do Disque 100.

Como denunciar? Caso um idoso seja vítima de violência, ela própria ou quem tiver conhecimento pode telefonar para o Disque 100. Não é preciso se identificar. O serviço é gratuito, sigiloso e funciona 24 horas, todos os dias da semana. A coordenadoria é feita pela Ouvidoria Nacional de Direitos Humano 

  • O Ministério dos Direitos Humanos e da Cidadania ainda tem outras formas de denúncia. Veja abaixo:
  • WhatsApp (61) 99611-0100;
  • Telegram (digitar "direitoshumanosbrasil" na busca do aplicativo);
  • Site da Ouvidoria (https://www.gov.br/mdh/pt-br/ondh/);
  • Videochamada em Libras (https://atendelibras.mdh.gov.br/acesso).

*Estagiário sob supervisão