Alagoas

Veja como fazer consulta pública para destinação dos recursos da Lei Paulo Gustavo

Agência Alagoas | 21/06/24 - 21h33
A pesquisa está disponível no site cuca.al.gov.br até o dia 28 de junho | Agência Alagoas

A Secretaria de Estado da Cultura e Economia Criativa de Alagoas (Secult) lançou, nesta sexta-feira (21), uma consulta pública para colher propostas do segmento audiovisual sobre a utilização dos rendimentos dos recursos da Lei Paulo Gustavo Alagoas. A pesquisa está disponível no site cuca.al.gov.br até o dia 28 de junho.

"A consulta pública é uma oportunidade para ouvirmos a comunidade audiovisual alagoana e alinhar os investimentos conforme suas necessidades e prioridades", disse a secretária de Estado da Cultura e Economia Criativa, Mellina Freitas.

A proposta, apresentada pelo Fórum Setorial do Audiovisual Alagoano (FSAL), pelo Coletivo de Desenvolvimento de Games em Alagoas (Deja) e pelas Produtoras Alagoanas Associadas (Proa), prevê a distribuição dos valores por categoria. Os recursos deverão ser aplicados em diversas áreas, com um valor total estimado de R$ 2.767.811,04, dos quais R$ 2.765.000,00 serão efetivamente aplicados.

De acordo com o documento, a distribuição deve ser feita da seguinte forma: produção de curta-metragem de ficção (R$ 550.000) e documentário (R$ 400.000), além de desenvolvimento/produção de games (R$ 100.000); complementação de longa-metragem (R$ 490.000), desenvolvimento de longa-metragem (R$ 120.000), desenvolvimento de série (R$ 100.000) e desenvolvimento de game (R$ 40.000); pesquisa com produto físico (R$ 165.000), cineclubes (R$ 90.000), capacitação A (R$ 160.000), capacitação B (R$ 120.000), mostras ou festivais categoria A (R$ 190.000) e categoria B (R$ 140.000); apoio às empresas (R$ 100.000). Como mostra a tabela abaixo:

Qualquer pessoa interessada pode participar da consulta, desde que esteja cadastrada no site do Cadastro Único da Cultura de Alagoas (Cuca). Para participar, é necessário acessar o link aqui, onde encontrará uma planilha detalhada com a distribuição dos valores por categoria proposta. Após analisar as informações disponíveis, o usuário deve responder ao questionário indicando se aceita a proposta apresentada e sugerir como os rendimentos dos editais do audiovisual na LPG devem ser aplicados. Ao finalizar, é importante clicar em "concluir". Cada cadastro pode submeter apenas uma resposta.

Após coletar e analisar as respostas, a equipe da Secult apresentará os resultados em uma futura reunião com os representantes do setor, buscando alinhar as decisões às necessidades e desejos expressos pelo segmento.