Televisão

Veja quem é quem em "Jezabel", que estreia nesta terça-feira, na Record TV/TV Pajuçara

Folhapress | 21/04/19 - 23h50 - Atualizado em 22/04/19 - 11h02
Record TV / Edu Moraes

Jezabel, a nova novela da Record TV, promete colocar em jogo dois mundos muito diferentes: o dos fenícios e o dos israelitas. Contando a história da princesa Jezabel, vivida pela atriz Lidi Lisboa, a nova macrossérie do canal aberto paulista chega com uma superprodução e grande elenco.

A trama vai contar a história da princesa fenícia que após um acordo entre dois reinos, se casa com o príncipe Acabe, interpretado pelo ator André Bankoff, e se torna uma ameaça para o povo de Israel. 

Jezabel, com muita beleza, sedução e maldade, se aproveita da fraqueza e submissão do marido para comandar o reino com violência e manipular todos ao seu redor para adoração aos deuses pagãos.

A maioria dos israelitas acata as imposições da princesa, mas outros, como o profeta Elias, vivido pelo ator Iano Salomão, se opõem a esses atos.

Com texto de Cristianne Fridman e direção geral de Alexandre Avancini, Jezabel estreia na terça-feira (23) às 20h45 substituindo Jesus com 80 capítulos escritos e certos que irão ao ar.

Jezabel será interpretada por Lidi Lisboa
Jezabel será interpretada por Lidi Lisboa (Record TV )
Leonardo Miggiorin faz o Isaac
Leonardo Miggiorin faz o Isaac (Record TV)
Queila é a personagem Juliana Knust
Queila é a personagem Juliana Knust (Record TV )
Rei Acabe é o papel de André Bankoff
Rei Acabe é o papel de André Bankoff (Record TV )
Adama será interpretada por Fernanda Nizzato
Adama será interpretada por Fernanda Nizzato (Record TV )
Obadias será o papel de Juan Alba
Obadias será o papel de Juan Alba (Record TV )

QUE É QUEM

Jezabel (Lidi Lisboa)
Princesa fenícia e primeira sacerdotisa de Aserá, filha do rei Etbaal, rei dos sidônios. Dona de uma beleza única, rara de se ver. Apesar de viver na riqueza, tem um passado sofrido. Ainda jovem, perdeu sua mãe e culpa seu pai por isso, já que Etbaal a obrigou a acompanhá-lo nas batalhas para servi-lo no leito. Seu único irmão, Hailama, também morreu precocemente. Etbaal, além de rei, era também sumo-sacerdote, e Jezabel foi criada dentro dos rituais de adoração aos deuses pagãos Baal (deus da terra) e sua consorte, a deusa Aserá (deusa da fertilidade). Uma rainha linda, obstinada, dominadora, sedutora, manipuladora, inescrupulosa, voluntariosa, perversa, capaz de qualquer coisa para realizar seus desejos e impor sua vontade. Nenhum homem pode estar acima dela! A sua obsessão com o profeta Elias inicia quando ela percebe que a sua beleza não o atrai e que não consegue chantageá-lo. Seu reinado durou de 870-853 A.C. Teve três filhos com o rei Acabe: Acazias, Jorão e Atália.

Rei Acabe (André Bankoff)
Sétimo e pior rei de Israel, deixou-se levar por sua esposa Jezabel, patrocinando a idolatria e a tentativa de extinguir a fé no Deus Único. Não pensava no povo nem em Deus, queria apenas alimentar sua vaidade e ter a admiração do povo e respeito dos profetas, o que não acontecia. Seu reinado durou de 874 a 853 a.C. Morreu em Ramote-Gileade durante a batalha contra a Síria. Casou-se por conveniência político-militar. Culpava Elias e outros profetas pelos infortúnios de Israel. Afastou-se completamente de sua fé no Deus de Israel. Egoísta e egocêntrico, se deixou dominar por Jezebel e seus deuses pagãos. Nos poucos momentos em que se arrependeu, como quando da morte de Nabote, voltou atrás por influência de sua esposa má.

Aisha (Adriana Birolli)
Uma das esposas de Acabe, mas é a preferida dele. É totalmente o oposto da rainha Jezabel. É a Aisha que Acabe recorre para se acalmar, conseguir conforto e tranquilidade em meio a todos os seus conflitos. Mulher dócil, serena, sábia, humilde e temente a Deus. Ela é a voz da consciência de Acabe nos momentos cruciais em que ele se humilha diante de Deus.

Obadias (Juan Alba)
Administrador do palácio do rei Acabe e temente a Deus. Pai de Joana e Samira, mora com as duas no palácio. Vive às turras com a filha mais velha, Joana, que não gosta de ser serva e se deslumbra com os fenícios e com a nobreza. Um homem inteligente, diplomático, bondoso, corajoso. Está ao lado de Acabe, mas discorda de suas atitudes. Será uma espécie de espião no palácio em favor da luta dos profetas contra a rainha má. Quando a rainha Jezabel ordena o massacre dos profetas, ele esconde cem deles em duas cavernas e, arriscando a sua vida, passa a retirar comida do palácio para alimentá-los. Sofrerá muito quando vir sua filha mais velha, Joana, se prostituindo, e quando a filha mais nova, Samira, for sequestrada por Naamã, vivendo anos longe dela. Mas também será recompensado por Deus quando a mesma retornar em liberdade.

Queila (Juliana Knust)
Viúva de Hailama, príncipe da Fenícia, cunhada de Jezabel, mãe de Baruch. Mulher forte, bondosa, mas que traz consigo uma iniquidade do passado. Vai com o filho e Jezabel para Samaria. Lá fica doente e é cuidada por Barzilai, por quem acaba se apaixonando. Por trair Jezabel, contando a Acabe que a rainha armou um plano contra o general, é condenada à prisão pela cunhada e foge para Sarepta com Baruch. Ali, acolhe o profeta Elias e recebe as bênçãos do Senhor, como os milagres da farinha e do azeite, que não se acabam, e a ressuscitação do seu filho.

Isaac (Leonardo Miggiorin)
Jovem israelita divertido, bonito, medroso. Assistente de Obadias no palácio. Temente a Deus, bom coração. Apaixonado por Adama. Vive apavorado, com medo de ser vítima das maldades de Jezabel. Servo de Deus, é contra a submissão de Acabe à Jezabel.

Adama (Fernanda Nizzato)
Israelita, bonita, bondosa, corajosa. Serva do palácio. É uma mulher de valores bem sedimentados. Temente a Deus. Defende Samira da exploração de Joana. Gosta muito de Isaac, mas o acha muito infantil, imaturo.
Getúlia, Batnoam e Dido (Hylka Maria, Aline Prado, Juliana Xavier)
Fenícias. Mulheres bonitas, ambiciosas, invejosas e vaidosas. Servas de Jezabel, vivem rivalizando entre si a atenção da rainha. Fazem qualquer coisa por ela, principalmente, prejudicar os desafetos de Jezabel.

Jarbas (Alex Brasil)
Fenício. Jovem bondoso, servil, inseguro. Não tenta em nada diminuir os israelitas, pelo contrário, deseja viver em paz com eles, diferente dos outros fenícios.

Joana (Camila Mayrink)
Israelita. Serva do palácio. Filha mais velha de Obadias. Mora no palácio com o pai e a irmã mais nova, Samira. É deslumbrada com o luxo e a beleza de Jezabel. Não gosta de ser serva e da vida que tem. No serviço, coloca sua irmã para trabalhar em seu lugar, enquanto mexe nos pertences de Jezabel. Vive às turras com o pai, que não gosta de ver o encantamento dela com o luxo e com a idolatria. Se tornará prostituta, para a decepção de Obadias.

Samira (Lais Pinho)
Serva do palácio israelita. Fiel ao Senhor, filha de Obadias e irmã mais nova de Joana. Menina boa, dedicada e trabalhadora, é explorada pela irmã mais velha, que a coloca para trabalhar em seu lugar. Não fala nada para não causar mais brigas entre Joana e Obadias. No palácio, é defendida por Adama. Será sequestrada por Naamã, e é ela que lhe falará sobre o profeta Eliseu.

Pigmalião (Ricardo Pavão)
Fenício. Sacerdote do deus Baal. Homem que adora os prazeres da comida e da bebida. Bajulador da rainha Jezabel. Participa dos rituais orgíacos e do sacrifício de crianças. No desafio do Monte Carmelo, se autoflagela e morre pela espada do profeta Elias.

Thanit (Mônica Carvalho)
Fenícia. Sacerdotisa da deusa Aserá. Mulher vaidosa, ambiciosa, cruel como sua rainha Jezabel. Também morrerá no Monte Carmelo pela espada do profeta Elias.

Phineas (Eduardo Lago)
Israelita. Comerciante mais rico de Samaria. Um homem que nunca seguiu as leis de Moisés. A única lei que sempre seguiu foi a do lucro. Sem ética, sem escrúpulos. O dinheiro é o seu deus. Frequenta o palácio e é um bajulador, interesseiro. Tem uma loja, na qual vende ídolos e uma taberna onde serve vinho, cerveja e alimentos. Ali também é ponto de encontro dos homens da cidade. Explora seu funcionário, Levi, sem dó nem piedade.

Elias (Iano Salomão)
Elias nasceu em uma aldeia nas Terras de Gileade, que vivia fora dos caminhos do Senhor e acabou incendiada. Após esse trágico episódio, ele decidiu que não deixaria mais que nenhum povo passasse pelo seu sofrimento e que viveria para espalhar a palavra do Deus Único. O que se tem certeza sobre Elias é que ele é um dos maiores profetas do Senhor! Conhecido como Elias, o tesbita, dos moradores de Gileade, era como um guerrilheiro da fé contra a idolatria que Jezabel tentava impor aos israelitas. Homem simples, de poucas palavras, mas que fala com autoridade, o que já é suficiente. Realizou muitos milagres. Elias não morreu, mas foi arrebatado ao céu por uma carruagem de fogo enviada por Deus em um redemoinho, que o levou. Um homem forte, corajoso, determinado, destemido, que enfrentou a terrível Jezabel em defesa do retorno do povo israelita à aliança com Deus. Não tinha medo de enfrentar a todos, falava a verdade, buscando cumprir a sua missão de levar o povo de volta para o Senhor.

Eliseu (Ronny Kriwat)
Israelita. Homem forte, bonito, simples, trabalhador, servo do Senhor, sucessor de Elias. Filho de Safate e Dalila, irmão de Hannah, Eliseu foi criado em uma fazenda ao lado da Vinha de Nabote e ajuda sua família no cultivo de produtos agrícolas. Alvo da preocupação constante de sua mãe, Eliseu a respeita muito e tenta lhe obedecer, sempre que possível. Eliseu recebe unção dobrada de Elias assim que este é arrebatado. É no seu ministério que a profecia de Elias se cumpre, com a morte de Jezabel.

Micaías (Guilherme Dellorto)
Israelita. Filho do profeta Inlá e de Rebeca. Jovem bonito, inteligente, alegre, corajoso, simples, aluno na escola de profetas. Dono de um temperamento explosivo, Micaías envolve-se em confusões por agir, muitas vezes, sem pensar. Micaías faz parte de uma resistência feroz de profetas e discípulos que conseguem escapar à fúria da rainha. Vive um romance com Raquel. Ao longo da macrossérie, se tornará um profeta que enfrentará o rei Acabe.

Inlá (Leonardo Franco)
Israelita. Casado com Rebeca e pai de Micaías. Atua na escola de profetas. Quando jovem, tinha o mesmo temperamento explosivo de seu filho Micaías. Profetiza a vitória de Israel sobre a Síria e avisa que, dentro de um ano, a Síria voltará a atacar. Profeta do Senhor que, ao lado do filho, lutará contra a rainha Jezabel.

Rebeca (Talita Castro)
Israelita. Esposa de Inlá e mãe de Micaías. Possui conhecimentos de ervas para tratamento e, por vezes, é requisitada para ajudar alguns enfermos, até mesmo membros da realeza. Apoiará o marido e o filho na luta contra a idolatria imposta pela rainha Jezabel, sempre tentando acalmar os ânimos dos dois.

Raquel (Sthefany Brito)
Israelita. Filha de Emanuel e Yarin. Moça linda, alegre, inteligente, teimosa, serva do Senhor. Se apaixona por Micaías à primeira vista, quando o encontra durante a chegada da comitiva fenícia em Samaria. Eles, literalmente, se esbarram, dando início a uma linda história de amor.

Noam (Luckas Moura)
Israelita. Filho mais novo de Emanuel e Yarin. Rapaz forte, divertido, bondoso, inteligente, servo do Senhor. Participa da Escola de Profetas. Vai se envolver na "guerrilha dos profetas" contra a rainha Jezabel. Perderá a vida por não revelar o paradeiro de Elias.

Emanuel (Henri Pagnoncelli)
Israelita. Pai de Raquel e de Noam, casado com Yarin. Cria com mãos firmes a sobrinha Leah. Um homem de caráter, trabalhador, servo do Senhor. Artesão de sandálias com uma pequena loja. Chefe de uma família feliz. Emanuel irá se revoltar contra Micaías, pois o culpa pela morte do filho.

Yarin (Andrea Avancini)
Israelita. Casada com Emanuel, mãe de Raquel e Noam, tia de Leah. Uma mulher bondosa, cheia de vida, determinada e serva do Senhor. Tentará apaziguar os ânimos na sua casa, entre Raquel e Emanuel.

Leah (Barbara Maia)
Israelita. Prima de Raquel e Noam, é criada por Emanuel e Yarin após a morte de seus pais. Viverá o primeiro amor com Levi, apesar da resistência de sua família por ele trabalhar vendendo ídolos.

Levi (Leo Cidade)
Israelita. Ajudante de Phineas em sua loja, é explorado por ele. Boa índole, meio atrapalhado. Perdido na idolatria, mas ao mesmo tempo com a sensação de que está agindo de forma errada. Viverá o primeiro amor com Leah, apesar da família dela não aprovar.

Baltazar (Alexandre Slaviero)
Israelita. Participa da Escola de Profetas como discípulo, mas quando sua fé é posta em prova, ele rapidamente muda de lado. Casado com Temima e pai de Chaya, é um marido rude, que não reconhece a esposa como pessoa que possa emitir opinião e a ignora. Baltazar entrega o paradeiro de Elias para Jezabel mas, mesmo assim, a rainha exige que sua filha seja dada em sacrifício para os deuses. Morrerá tentando salvar a vida de Chaya.

Temima (Juliana Schalch)
Israelita. Casada com Baltazar, mãe de Chaya, uma mulher carinhosa, inteligente e, ao contrário do marido, uma serva do Senhor. Vive um drama familiar ao ser ignorada e menosprezada pelo marido, que a trata como inferior, não dá valor ao que ela pensa. Sua filha Chaya será levada para sacrifício por ordem de Jezabel e seu marido morrerá tentando salvá-la. Ao longo do tempo, Temima vai ficando revoltada e se afastará de Deus.

Joel (Mario Hermeto)
Israelita. Homem simples, bondoso, sábio. Profeta que atua na Escola de Profetas, combatente na luta contra a idolatria em Samaria.

Dov (Andrey Lopes)
Israelita. Morava na mesma aldeia que Elias e perdeu sua família ainda menino. Um jovem bonito, alegre, participa da Escola de Profetas e será um ajudante do profeta Elias. Um ajudante um tanto atrapalhado, porém muito fiel.

Ezri (Gabriel Felipe)
Um dos mais entusiásticos estudantes da Escola de Profetas. Muito idealista, ele acredita que essa guerra contra o casamento de Acabe é justa e necessária. Morrerá no massacre ordenado por Jezabel.

Yakir (André Bicudo)
Profeta fervoroso, enérgico em defender o cumprimento da palavra de Deus a qualquer custo. De temperamento austero e perspicaz. Também morrerá no massacre ordenado por Jezabel.

Geazi (Marceu Pierroti)
Da escola de profetas. Será, adiante, ajudante de Eliseu. Pela traição a Eliseu, acabará contraindo a lepra de Naamã.

Barzilai (Timóteo Heiderick)
Israelita. General comandante do exército israelita. Homem forte, bonito, combatente valente, muito bem preparado nas artes da guerra. Vai entrar em conflito com o general fenício, Hannibal, com o qual passou a dividir o comando do exército de Israel. Receberá de Acabe a responsabilidade de cuidar da idólatra e cunhada de Jezabel, Queila, quando esta adoece e fica em sua casa. Aos poucos, Barzilai e Queila vão se apaixonando. Quando Queila for acusada de traição e presa por Jezabel, Barzilai e alguns soldados armarão a fuga dela para Sarepta, junto com seu filho Baruch.

Hannibal (Rafael Sardão)
Fenício. General do exército fenício, que agora vive em Samaria e divide com o general Barzilai o comando do exército de Israel. Homem másculo, forte, rigoroso com seus subalternos, inclusive seu braço direito, o capitão Ib. Amante de Jezabel. Tem em Barzilai seu maior rival. Apesar de ser o homem de confiança do rei e da princesa, tem um passado comprometedor.

IB (Fabio Scalon)
Capitão do exército fenício. Homem bonito e seguidor fiel das ordens de Jezabel e Hannibal. Vai odiar Elias tanto quanto Jezabel e será um perseguidor ferrenho do profeta! Na caserna, trata mal os soldados israelitas.

Adad (João Pedro Novaes)
Fenício. Soldado fenício. Tem gosto pela guerra, armas e mortes. Nas guerras, sempre exibe o número de baixas pelas quais foi responsável. Se envolverá com Joana., qual do esta se prostituir.

Sidônio (Pedro Lamin)
Soldado fenício. Corajoso, bonito, fiel ao general Hannibal. Mau caráter, está sempre usando de artimanhas para sobressair aos soldados israelitas. Seduzirá Joana e a humilhará quando tirar a pureza dela.

Samuel (Willian Melo)
Bonito, forte, ambicioso. Soldado israelita do palácio, leal ao rei Acabe, mas que se bandeará para o lado do general fenício, Hannibal. Será morto por um leão após se negar a desobedecer uma ordem de Deus, que é bater em Micaías, e este mesmo profetizar o seu trágico fim.

Thiago (Daniel Erthal)
Lindo, forte, corajoso. Soldado israelita leal ao comandante Barzilai.

Mathues (Bernardo Velasco)
Soldado israelita. Forte e destemido. Servo do Senhor. Na caserna, se coloca ao lado do general Barzilai. Temente a Deus, correto, leal.

Miguel (Igor Cosso)
Soldado israelita. Se pudesse, não mataria uma mosca sequer. Não tem dom para ser um soldado, mas é filho de um bravo soldado, morto em combate. Se apaixonará por Samira.

Nabote (Flávio Galvão)
Israelita. Casado com Elza, pai de Tadeu e Abner. Um servo do Senhor, homem trabalhador, ético, caráter ilibado, pai e esposo amoroso. A casa da família é um lar de alegria e união. Dono da melhor vinha de toda Israel, abastece o palácio do rei Acabe e o comércio local. Nega o pedido do rei de vender sua vinha, pois é uma herança do seu pai. Vai ser vítima do maquiavelismo e maldade de Jezabel. Morrerá apedrejado após uma armação de Jezabel.

Elza (Beth Zalcman)
Israelita. Esposa de Nabote, mãe de Tadeu e Abner. Mulher bonita, alegre, serva do Senhor. Uma mulher simples, bondosa, bom caráter. Ama cuidar dos afazeres da casa, mas "arregaça as mangas" na época da colheita para ajudar o marido. Curiosamente não gosta muito de vinho e sempre coloca água em sua taça - para desespero do marido. Uma matriarca amável e que encontra em si uma leoa, quando perde o marido, para enfrentar a rainha Jezabel.

Tadeu (Victor Sparapane)
Israelita. Primogênito de Nabote, irmão de Abner. Um rapaz bonito, bom caráter, servo do Senhor. Um companheiro do pai. Trabalha com ele na vinha e tem o mesmo talento para a produção de bons vinhos. Noivo de Hannah. Vira alvo da obsessão de Jezabel e fica bastante balançado com as investidas dela.

Abner (Daniel Blanco)
Israelita. Filho mais novo de Nabote e Elza, irmão de Tadeu. Alegre, bonito, tem inveja do irmão Tadeu por achar que o pai sempre gostou mais do primogênito, além de ter "perdido" Hannah, seu amor, para o irmão.

Hannah (Juliana Boller)
Israelita. Moça linda, alegre, serva do Senhor. Mora em uma fazenda vizinha à vinha de Nabote com seus pais, Safate e Dalila, e seu irmão, Eliseu. Quando é época da colheita, Hannah e sua família se juntam a de Nabote na colheita das uvas. Seu pai e Nabote são amigos desde criança, as famílias são muito próximas. É alvo da cobiça de Abner, que vive dando em cima dela. Ela se torna esposa de Tadeu.

Safate (Giulio Lopes)
Israelita. Pai de Hannah e Eliseu, casado com Dalila, servo do Senhor. Homem trabalhador, amigo fiel, de posses. Ele e sua família são vizinhos de Nabote e estão sempre próximos, principalmente quando Tadeu e Nabote saem em viagens para entregar os vinhos. Preocupa-se muito com a saúde de sua esposa Dalila por causa da sua gula e esconde comida dela.

Dalila (Narjara Tureta)
Israelita. Esposa de Safate e mãe de Hannah e Eliseu. Uma mulher simples, de bom caráter, trabalhadora, serva do Senhor. Mãe super protetora, tenta defender seus filhos a todo custo. Por ela, Hannah e Eliseu viveriam para sempre debaixo de suas asas. Sofre quando Eliseu vai para Samaria lutar com os profetas contra a idolatria. Tem uma compulsão alimentar que a faz estar sempre acima do peso e isso preocupa muito sua família. Seu marido esconde comida para que ela não coma, mas Dalila sempre acha e come quando ele não está por perto.