Alagoas

Vídeo: mulher que pulou de prédio em Salvador é transferida para hospital em Alagoas

João Arthur Sampaio* | 17/06/24 - 07h12

A alagoana de 27 anos que se jogou do 5º andar de um prédio em Salvador (BA) para escapar das agressões do namorado foi transferida para um hospital da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), que será mantido em sigilo para resguardar a integridade física dela. A mulher chegou à Maceió na tarde deste domingo (16), e foi recebida no Aeroporto Internacional Zumbi dos Palmares pela equipe de socorristas do Programa Salva Mais, formado por socorristas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e do Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas (CBM/AL).

Acompanhada por uma equipe da Patrulha Maria da Penha e pela secretária-executiva da Mulher e dos Direitos Humanos, Dilma Pinheiro, a alagoana trazida de Salvador para Maceió receberá a assistência necessária da Sesau até se recuperar plenamente e receber alta médica. Conforme o prontuário médico do Hospital Geral do Estado (HGE) de Salvador, onde a alagoana estava internada até a manhã deste domingo (16), ela “sofreu fraturas múltiplas no corpo, além de estar com o psicológico abalado, sendo necessário receber suporte médico-hospitalar”.

Diante deste quadro clínico, o secretário de Estado da Saúde de Alagoas atendeu o apelo do pai e do irmão da paciente e, além do traslado para Maceió, onde a família reside, foi assegurada a assistência com uma equipe multidisciplinar de saúde, visando obter o seu pleno restabelecimento. 

Conforme o médico Ewerton Soares, que integrou a equipe do Samu responsável pela transferência da paciente, ao chegar à unidade de saúde, ela apresentava quadro de saúde estável, estava responsiva e ressaltou aos socorristas estar feliz por ter retornado à sua cidade natal.

Entenda o Caso

No último dia 9 deste mês, a alagoana de 27 anos estava em um edifício localizado na capital baiana, e se jogou do 5º andar para escapar do companheiro, que segundo ela o agrediu fisicamente. Ela sofreu fraturas múltiplas no corpo, após cair em cima de um alambrado e foi socorrida pelo Samu da Bahia, sendo encaminhada para o Hospital Geral do Estado (HGE) de Salvador, onde recebeu os primeiros atendimentos médicos.

Aflitos, o pai e o irmão da alagoana viajaram até Salvador de ônibus e, ao chegarem na capital baiana, apelaram por ajuda para realizar o traslado dela até Maceió, onde a família reside. Eles também solicitaram assistência médico-hospitalar para que o tratamento tivesse continuidade na capital alagoana, o qual será assegurado pela Sesau, conforme garantiu o titular da pasta, médico Gustavo Pontes de Miranda.

*Com assessoria