Alagoas

Voos entre Maceió e Lisboa estão suspensos a partir desta sexta-feira; assista

TNH1 com TV Pajuçara | 28/01/21 - 10h28 - Atualizado em 28/01/21 - 10h36
Arquivo TNH1

Com o agravamento da pandemia, Portugal decidiu suspender todos os voos de e para o Brasil entre 29 de janeiro e 14 de fevereiro. O Ministério do Interior do país justificou a determinação com o aumento de casos da Covid-19 e com a preocupação com o surgimento de novas variantes do vírus. Alagoas, que recentemente inaugurou o voo regular entre Maceió e Lisboa, acabou sendo atingida pela decisão.

Em entrevista ao programa Cidade Alerta Alagoas, da TV Pajuçara, o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Rafael Brito, reconheceu que a medida do governo português era esperada, devido ao crescimento de infectados no continente europeu.

"Pela situação da Europa, com esse momento com a pandemia, foi uma atitude que o governo português e de outros países iriam tomar. Então recebemos de forma bem natural, pelo momento que estamos vivendo, temos visto todos os dias nos jornais, no mundo como um todo, países restringindo temporariamente voos para outros, inclusive dentro da própria comunidade europeia", afirmou. 

"Então devemos preservar a circulação entre os continentes para que possamos imunizar o maior número de pessoas possíveis nessa janela. Através dessa imunização em massa, que poderemos ter a economia de volta, ter a segurança sanitária necessária para retomar todas as atividades" reforçou.

Assista:

  

Brito confirmou que não acredita no fim dos voos internacionais no Estado e que eles devem voltar com o avanço no controle da pandemia. "Risco sempre há, mas a gente não trabalha com essa possibilidade, a companhia aérea também não trabalha com essa possibilidade. O voo foi muito batalhado para ser conquistado, a rota tem sido uma das mais vendidas da companhia aérea no Brasil, então é um mercado extremamente de importância para eles. Eu não tenho dúvida que assim que tiver segurança sanitária suficiente, a gente vai estar retomando esse voo", informou o secretário.

"No momento o impacto é muito mais de imagem do que número em si. O turismo de Alagoas vem num momento muito positivo, principalmente quando analisamos o turismo regional e nacional", finalizou.

Leia a nota da Sedetur:

A Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur) recebe com tranquilidade a notícia de que os voos saídos de Portugal com destino ao Brasil serão suspensos pelo período do dia 29 de janeiro a 14 de fevereiro. Vivemos, ainda, um período delicado da pandemia da COVID-19 e acompanhamos dia a dia as notícias de novas medidas restritivas em todo o mundo. Neste momento, o impacto no turismo em Alagoas durante os 15 dias que durarão a decisão serão pequenos. Nossa torcida é que todos os países tenham sucesso em acelerar seu processo de imunização, através das vacinas, para que possamos retomar o funcionamento da economia e do turismo dentro da normalidade anterior ao vírus. Com a segurança sanitária reestabelecida, nosso estado estará preparado para investir e reconquistar nosso lugar no mercado internacional.