Alagoas

1ª campanha nacional sobre parentalidade responsável chega em Alagoas

Assessoria | 04/03/21 - 10h02 - Atualizado em 04/03/21 - 10h34

A avó que mora com os filhos e os netos; o padrasto que também é pai; o filho que se divide entre duas casas; a mãe que cria os filhos sozinha; casais que optaram por não ter filhos.

Quem não conhece um caso assim? Aquele clássico padrão de família formado por pai-mãe-filhos vem perdendo espaço e novos perfis vão se
configurando nos lares brasileiros.

Os últimos 60 anos foram cruciais para essa transformação. A entrada da mulher no mercado de trabalho, a queda da taxa de fecundidade, a legalização do divórcio e a onda dos “recasamentos” provocaram mudanças estruturais no seio familiar.

A parentalidade é o conjunto de valores e tarefas envolvidos na criação de uma criança. Ela pode ser exercida por mães e pais, mas também por avós, padrasto, madrasta, tios, cuidadores – a depender da configuração familiar,  os quais possuem a responsabilidade por esse ser, especialmente no início do seu desenvolvimento.

A Convenção dos Direitos da Criança (ONU/UNICEF, 1990) preconiza, no seu artigo 27o, que é da responsabilidade parental e de outros cuidadores
assegurar, de acordo as suas competências e capacidades financeiras, as condições de vida necessárias para o desenvolvimento da criança.

Histórica e politicamente, é esperado que os progenitores facilitem o desenvolvimento dos seus descendentes ao nível físico, psicológico e social.

Não importa o tipo de família em que a criança está inserida. O importante é que os responsáveis tenham consciência da responsabilidade financeira, emocional e psíquica para com aquela criança.

Manifesto: 

“É preciso uma aldeia para se educar uma criança”

CAMPANHA PARENTALIDADE RESPONSÁVEL

Nesse sentido, o escritório Luan Maynard Advocacia, com sede em Aracaju no estado de Sergipe, com ampla experiência em direito de família, promove
a campanha nacional “PARENTALIDADE RESPONSÁVEL”. A ação multiplicadora é pioneira no país e tem o ponta pé inicial em Sergipe e em março desembarca também em Alagoas para fomentar essa terceira via na relação familiar onde o adulto continua sendo o responsável, mas em uma relação com mais comunicação, respeito e valorização dos sentimentos. 

A campanha atinge as redes sociais, veículos de imprensa, entidades representativas, artistas, jornalistas e influenciadores digitais. A partir do dia 1º de Março, uma série de atividades on line irá acontecer no perfil oficial @luanmaynard do Instagram. 

Lives com especialistas em direito de família, depoimentos e muita reflexão sobre o assunto estarão à disposição de todos, inclusive com a possibilidade de interagir e enviar dúvidas e questionamentos. 
Luan Maynard é Advogado especialista no Direito das Famílias e das Sucessões. É membro do Instituto Brasileiro de Direito de Família - IBDFAM - do Estado de Sergipe. tv, rádio, web e jornais impressos.