Futebol Nacional

Abel diz não, Pofexô é descartado e Mano Menezes ganha força no Inter

O ex-técnico do Grêmio é o favorito para ocupar o cargo deixado por Argel Fucks

11/07/16 - 11h57 - Atualizado em 11/07/16 - 11h59
Reprodução Futebol Interior

Com a saída de Argel Fucks, demitido após a derrota para o Santa Cruz, na última rodada do Brasileirão, o Inter corre contra o tempo para definir o nome de seu novo treinador. O mais cotado é Mano Menezes, que tem passagens marcantes pelo Grêmio, e está sem clube desde que deixou o Shandong Luneng, da China. Nomes como Abel Braga, Vanderlei Luxemburgo e Antônio Carlos Zago também foram especulados.

Mano Menezes ganhou força nos bastidores do Internacional, após o "não" de Abel Braga, que deve retornar suas atividades no Brasil apenas no próximo ano. O ex-técnico de Grêmio e Corinthians vê com bons olhos a oferta do Inter, mas o tempo de contrato atrapalha. O comandante quer o vínculo até 2017, mas o mandato da atual diretoria vai até esse ano. A tendência é que cheguem a um acordo

Outros dois nomes apareciam como prováveis substitutos de Argel. Vanderlei Luxemburgo está de olho em um trabalho do Brasil desde que deixou o futebol chinês, mas não vem agradando as diretorias. O Colorado, inclusive, já avisou que o Pofexô está descartado.

Zago, por sua vez, atual técnico do Juventude, aparece como plano B caso Mano Menezes não assuma a equipe. O treinador é respeitado em Porto Alegre e pode ganhar uma chance novamente em um clube da elite do futebol brasileiro. A expectativa é que o novo nome seja anunciado visando já o próximo confronto do Internacional, no final de semana.