Interior

Após bater, mãe amarra filho para ele não ir para a rua

Teresa Cristina | 23/02/21 - 16h44 - Atualizado em 23/02/21 - 17h02
Imagem ilustrativa

O Conselho Tutelar de Quebrangulo foi acionado, nessa segunda-feira (22), para checar uma denúncia de quem uma mulher tinha agredido e amarrado o filho de 7 anos no Conjunto Frederico Maia. Quando chegou ao local, foi constatada a situação.

O conselheiro tutelar Wanderley Pereira disse ao TNH1 que o menino estava com os braços e os pés amarrados. Segundo ele, a mãe contou que bateu no filho e o amarrou para que o garoto não saísse de casa.

“A Polícia foi acionada e a mãe conduzida à delegacia de Arapiraca”, afirmou Pereira.

Sobre a criança, o conselheiro informou que foram tomadas todas as medidas de proteção para garantir a segurança do garoto.