Interior

Bebê morre carbonizado após incêndio em casa, no município de Joaquim Gomes

TNH1 com JG Notícias | 10/08/20 - 07h04 - Atualizado em 10/08/20 - 08h43
Luzamir Carneiros/JG Notícias

Um bebê de um ano morreu carbonizado, na noite desse domingo (09), depois de um incêndio dentro de uma residência na Rua José Eulálio Barreto, no município de Joaquim Gomes, na Zona da Mata alagoana. Duas crianças, aparentemente de três e de seis anos, foram resgatadas com vida. A mãe não estava no imóvel no momento da tragédia.

Segundo o site JG Notícias, uma das crianças socorridas contou que uma brincadeira do irmão resultou no incêndio. Ela disse que o fogo atingiu primeiro o colchão e depois tomou conta do quarto onde estava o bebê. 

Moradores da região arrombaram a porta da casa quando perceberam o incêndio. Eles também disseram que as três crianças estavam sozinhas, sendo deixadas trancadas pela mãe, o que seria uma prática comum. Eles afirmaram que ao entrarem na casa, as duas crianças mais velhas foram vistas perto da porta e o bebê já estava morto no quarto. 

A equipe do Samu esteve no local e avaliou as condições das duas crianças que sobreviveram. Elas foram liberadas e uma pessoa ficou responsável por elas no momento. O Conselho Tutelar também foi acionado.

A mãe das crianças chegou logo em seguida e recebeu voz de prisão, sendo levada para a delegacia. Após denúncia dos vizinhos, ela foi considerada suspeita de abandono de incapaz. 

Em contato com a produção da TV Pajuçara, nesta manhã, a delegacia de Matriz de Camaragibe confirmou que a mulher já foi liberada. Segundo ela, havia um adulto na residência e cuidava dos menores. Ela e a pessoa serão ouvidas amanhã na delegacia.