Maceió

Bolsonaro determina que Governo Federal identifique causas de tremores no Pinheiro

Redação com Secom PR | 11/01/19 - 21h49 - Atualizado em 17/01/19 - 16h10
Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro convocou, nesta sexta-feira (11), uma reunião extraordinária com parte de sua equipe ministerial, em Brasília, para tratar sobre as rachaduras no bairro do Pinheiro, em Maceió, que está fazendo a região afundar.

Em nota enviada à imprensa na noite de hoje, a Secretaria Especial de Comunicação Social da Presidênica da República informou que houve a determinação para que o Governo Federal adotasse as ações necessárias para agilizar a identificação do fenômeno.

Segundo o comunicado, a iniciativa de Jair Bolsonaro, em apoio ao município de Maceió e ao estado de Alagoas, aconteceu após a sua apreensão com o surgimento de rachaduras, de origem ainda desconhecida, em ruas e imóveis, e que já provocaram a desocupação de algumas casas e edifícios.

A reunião contou com as presenças dos ministros da Casa Civil, Onyx Lorenzoni; do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto; de Minas e Energia, almirante Bento Albuquerque; da Defesa, general Fernando Azevedo e Silva; do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), general Augusto Heleno; e da Secretaria-Geral, Gustavo Bebianno.