Mundo

Cachorro mais alto do mundo morre dias após ter recorde confirmado pelo Guinness

Revista Galileu | 24/06/24 - 19h51
Foto: Reprodução/Guiness World Records

Kevin, o cachorro que detinha o título de mais alto do mundo, morreu no dia 19 de junho. A morte aconteceu em decorrência de complicações em uma cirurgia para resolver um problema gástrico. O animal da raça dogue alemão vivia em Iowa, nos EUA, e tinha quatro anos de idade. Ele teve pouco tempo para ser dono do recorde, já que teve a própria altura reconhecida pelo Guinness apenas no último dia 13 de junho.

Kevin tinha pouco menos de um metro de altura quando apoiado sobre as quatro patas. A título de comparação, um animal de sua raça mede por volta de 0,76 metro. Já seu comprimento total, quando estava de pé, chegava a dois metros– o que o deixava maior do que seu tutor quando estava sobre as patas traseiras. Você pode ter uma ideia do porte do cão recordista na imagem abaixo.

"Estamos muito felizes por ele ter conseguido quebrar o recorde e ter ganhado todo aquele destaque. Ele adorava a atenção", disse sua tutora, Tracy Wolfe, ao site do Guinness. "Gostaria que essas raças gigantes, e todos os cães, pudessem viver mais do que vivem. O tempo nunca é suficiente."

O nome do animal foi escolhido devido ao personagem Kevin do filme Esqueceram de mim (1990), e seu recorde sucedeu o de outro dogue alemão, chamado Zeus, que morreu em setembro de 2023, aos três anos de idade. Zeus era ainda maior, e tinha 1,05 metro.

No vídeo a seguir, feito como material de divulgação para o Guinness Book, é possível ver imagens de Kevin com sua família.