Brasil

Em discurso na ONU, Dilma diz que Brasil passa por "grave" momento

A presidente fez o pronunciamento antes da assinatura do acordo sobre meio ambiente

22/04/16 - 11h22 - Atualizado em 22/04/16 - 14h04
R7

A presidente Dilma Rousseff falou sobre o processo de impeachment e a crise política no Brasil durante o seu discurso hoje na ONU (Organização das Nações Unidas). Dilma classificou como "grave" o atual momento do país e afirmou "A despeito disso, digo que o Brasil é um grande País, com uma sociedade que soube vencer o autoritarismo e construir uma pujante democracia".

Dilma completou dizendo que acredita no apoio popular para o seu governo. "Nosso povo é um povo trabalhador e com grande apreço pela liberdade. Saberá, não tenho dúvidas, impedir qualquer retrocesso", sem citar a palavra golpe.

No encerramento do discurso, a presidente agradeceu as manifestações de apoio de outros países. "Sou grata a todos os líderes que já expressaram sua solidariedade". 

Sobre o acordo climático, a presidente elogiou a atuação na ministra Isabela Teixeira, durante o encontro de Paris, no final do ano passado, para acertar as metas de redução de emissão de gases do efeito estufa.

Ela também garantiu que o país irá cumprir as metas. Levando como base o ano de 2005, o Brasil deve reduzir as emissões em 37% até 2025. Além disso, até 2030, a redução será de 43%. A presidente ressaltou a importância do programa Desmatamento Zero na Amazônia e as metas de reflorestamento.