Interior

Festa clandestina com aglomeração é realizada na Barra de São Miguel

TNH1 | 15/08/21 - 16h55 - Atualizado em 15/08/21 - 17h24

Imagens de um evento clandestino em uma marina na Barra de São Miguel tomaram as redes sociais neste domingo, 15. A festa resultou em aglomeração de pessoas, ausência do distanciamento social e do uso de máscara de proteção. A prefeitura da cidade confirmou que não houve autorização para a realização da festa.

Em nota, o Município esclareceu que não houve solicitação para o evento, o que reforça a clandestinidade da comemoração. Uma equipe da Vigilância Sanitária foi requisitada para acompanhar a situação.

A prefeitura também informou que já notificou a procuradoria da Barra de São Miguel e outros órgãos envolvidos. A festa pode ser investigada pela Ministério Público do Estado.

O decreto emergencial do Governo de Alagoas, de combate à Covid-19, determina que os eventos devem ser realizados com até 50 pessoas em locais fechados e 100 em locais abertos. Além disso, o público presente deve respeitar e seguir as normas sanitárias.

Leia a nota na íntegra:

"A respeito de um evento, noticiado por órgãos de imprensa e redes sociais, em uma marina em nossa cidade esclarecemos o que segue:

- Não há qualquer solicitação de autorização junto à Prefeitura da Barra de São Miguel, portanto, trata-se de uma festa clandestina;

- Ao tomarmos conhecimento da denúncia, requisitamos a presença da Vigilância Sanitária no local, notificamos a procuradoria do Município e os demais órgãos envolvidos;

- Não compactuamos com qualquer nível de transgressão às normas impostas pelas autoridades sanitárias - em nível federal, estadual ou municipal - diante da Pandemia que continua fazendo inúmeras vítimas fatais;"