Brasil

Forte chuva causa desabamentos e oito pontos de alagamento em SP

Veja | 05/07/19 - 06h07 - Atualizado em 05/07/19 - 07h12
Alagoamentos e desabamentos ocorreram nas últimas horas | Reprodução / Veja

A Grande São Paulo registra ao menos oito pontos de alagamentos na manhã desta segunda-feira 5, segundo informações do Corpo de Bombeiros. Após as chuvas que caíram sobre a região ao longo de toda a madrugada, também ocorreram ao menos quatro quedas de árvores e dois desmoronamentos (sem feridos).

De acordo com a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), a Marginal Tietê é um dos focos de enchente. A via está intransitável no sentido Castelo Branco, pistas expressa e central, junto à Ponte das Bandeiras. Por conta disso, foi efetuado um bloqueio junto à Ponte de Jânio Quadros e desviado o trânsito para a pista local. O Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas (CGE) colocou a área em estado de atenção pelos níveis elevados de água.

Outros pontos críticos na capital são a avenida Cardeal Santiago Luiz Copello, na Lapa; a avenida Engenheiro Roberto Zuccolo, na Vila Leopoldina; e a Marginal Pinheiros, próximo à rua Olívia Feder, sentido rodovia Castello Branco, e também logo após o Cebolão.

Fora da capital, duas importantes vias também foram bloqueadas por conta das chuvas: a via Anhanguera, na altura de Cajamar, no quilômetro 36; e a rodovia dos Tamoios, no trecho de serra. Ambas estão interditadas nos dois sentidos.

Segundo medição do CGE, a capital observa baixas temperaturas e sensação de frio, com termômetros registrando 14ºC. Nas próximas horas o tempo segue instável, com previsão de mais chuva, que pode ocorrer com até moderada intensidade.

A chuva deve seguir ao longo da sexta-feira, se prolongando pelo menos até o fim da tarde, quando as precipitações começam a se afastar de São Paulo. A temperatura deve oscilar entre 11ºC e 15ºC. No sábado, o frio deve se intensificar, com termômetros registrando temperaturas médias em torno dos 6°C, com expectativa de novo recorde de temperatura mínima.

Com o afastamento da frente fria, o sábado 6 amanhece gelado em São Paulo. A temperatura máxima não deve superar os 15°C e a sensação de frio será potencializada em função do ar frio polar. A umidade deve diminuir no fim de semana.