Política

Governador entrega PCCS da Educação à Assembleia e pede celeridade na votação

Da Redação | 15/10/21 - 16h48 - Atualizado em 15/10/21 - 16h56
Governador Renan Filho oficializou entrega de projeto de lei durante transmissão ao vivo | Assessoria

O governador Renan Filho oficializou, na tarde desta sexta-feira (15), durante transmissão ao vivo em rede social, a entrega à Assembleia Legislativa de Alagoas do projeto de lei do novo Plano de Cargos, Carreira e Salários (PCCS) da Educação estadual. Segundo o chefe do Executivo, o plano vai garantir um aumento médio de 40% no salário inicial dos professores da rede pública.

A “live” também contou com a participação do secretário da Educação, Rafael Brito, e do presidente da Assembleia, deputado Marcelo Victor, que destacaram o alcance da iniciativa, sobretudo em tempos de pandemia.

O detalhamento do plano já havia sido apresentado no início do mês, quando o secretário do Planejamento, Gestão e Patrimônio, Fabrício Marques, explicou que os aposentados e secretários escolares também serão beneficiados, visto que o plano contempla todos os servidores da Educação em Alagoas.

Com a reformulação do plano, o piso inicial do professor poderá alcançar R$ 7.172 para quem chegar ao final da carreira com doutorado. Já os que trabalham 30 horas vão passar, com o novo plano, a ter um salário base de R$ 1.350, chegando ao fim de carreira a R$ 3.150. 

Na transmissão realizada no dia do professor, o governador pediu ao deputado Marcelo Victor empenho no sentido de sensibilizar os colegas parlamentares sobre a importância da aprovação célere da matéria. Em resposta, Victor parabenizou o Governo do Estado e disse já trabalhar para convencer o parlamento a votá-la o quanto antes.

Quem também esteve presente foi o presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Legislativo Estadual, deputado Paulo Dantas. Na oportunidade, ele disse que Alagoas “é o estado que mais investe em educação no Brasil”, assegurando que vai designar, assim que possível, o relator responsável por apreciar o projeto de lei.