Alagoas

Governo revisa decreto e anuncia atualização de medidas a partir das 18 horas

Equipe TNH1 | 05/04/21 - 16h04 - Atualizado em 05/04/21 - 16h40
Foto: Itawi Albuqureque/TNH1

Como havia prometido quando prorrogou o atual decreto de distanciamento social, o governador Renan Filho (MDB) voltou a reavaliar as regras de combate à pandemia do novo coronavírus após o feriadão da Semana Santa. Em coletiva na tarde desta segunda-feira, 05, questionado pela imprensa, o governador confirmou a revisão do decreto, e deu sinais de que pode flexibilizar alguns pontos. Após acabar a coletiva, a comunicação do governo informou que a atualização das medidas será anunciada ainda nesta segunda, a partir das 18 horas. 

"Vou fazer essa revisita hoje. Daqui a pouco vou reunir os profissionais de Saúde, conversar com outras áreas, temos uma informação muito importante: depois de oito semanas seguidas de crescimento de morte, de internação hospitalar e de casos, Alagoas voltou a ter redução de mortes na última semana. Isso é um fato importante porque por um lado corrobora a necessidade das medidas de distanciamento social e demonstra que elas funcionam para que tenhamos as condições de atender às pessoas que adoecem. O decreto ainda tem mais alguns dias de prazo, mas vamos fazer uma revisita hoje, como anunciado anteriormente, para verificar se há uma área ou outra em que a gente pode avançar", disse Renan Filho, em entrevista durante o anúncio da vacinação dos profissionais da segurança pública. 

No atual decreto, estão proibidos de abrir o Centro de Maceió de sábado à segunda-feira; e shoppings aos sábados, domingos e terças-feiras. Clique aqui e veja todas as medidas. 

Abertura de bares e restaurantes para almoço

O governador não deu detalhes, mas em matéria desta segunda, o jornalista Ricardo Mota, em seu blog no TNH1, informa que o governo analisa a possibilidade de acatar a reivindicação da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes de funcionar na hora do almoço. 

"O que se discute no momento é a reivindicação dos empresários de bares e restaurantes, disse um palaciano:  a abertura dos estabelecimentos para o almoço, sem a venda de bebidas alcoólicas", diz Mota. (leia matéria completa). 

Covid: números dão sinais de desaceleração, mas cenário continua crítico, alerta Ufal

Alagoas  vive uma "tendência de desaceleração da transmissão do coronavírus", segundo o relatório mais recente do Observatório de Políticas Públicas de Enfrentamento à Covid-19, enviado ao TNH1, na manhã desta segunda-feira (05). A desaceleração, no entanto, ainda não é motivo para tranquilidade e o cenário no estado é considerado como "muito grave". Ontem (04) foram registrados 429 novos casos da Covid e 23 mortes causadas pela doença.

O relatório da Universidade Federal de Alagoas (Ufal) mostra que a 13ª  Semana Epidemiológica (SE) de 2021 apresentou uma estabilização nos números de casos e óbitos.  "Os indicadores apontam para uma desaceleração na transmissão, representada na queda do número reprodutivo efetivo que no último sábado (03) estava estimado em 1,03. Isso representa que cada 100 infectados contaminam 103 pessoas. Para que a transmissão esteja sob controle, esse número deve ser menor que 1", explicou o coordenador do Observatório, o professor e pesquisador Gabriel Bádue. (leia aqui matéria completa).