Justiça

Justiça determina internação provisória de adolescentes envolvidos na morte de Lázaro Bezerra

João Arthur Sampaio | 22/03/24 - 10h58
Lázaro foi atingido com seis golpes de canivete ao tentar apartar uma briga | Reprodução

A Justiça de Alagoas determinou a internação provisória dos dois adolescentes, um de 16 e outro de 17 anos, envolvidos na morte de Lázaro André Bezerra de Oliveira, de 15. A decisão foi do juiz Leandro Folly, da 1ª Vara Criminal da Capital - Infância e Juventude, e divulgada na manhã desta sexta-feira, 22.

A audiência de apresentação foi marcada para o dia 16 de abril. A decisão traz ainda que a internação provisória será pelo prazo de 45 dias. O caso aconteceu nessa quinta-feira, 21, em frente à Escola Estadual Deputado Rubens Canuto, no bairro do Benedito Bentes, parte alta de Maceió, onde a vítima estudava. 

O menino foi atingido por seis golpes de canivete dados por um dos menores, enquanto o outro o segurava. Lázaro teria tentado apartar uma briga entre um amigo dele e outra pessoa, que chamou os suspeitos para tirar satisfação.

Aulas só retornam na semana que vem

Nesta sexta, as aulas continuaram suspensas e devem retornar apenas na próxima segunda-feira, 25. Durante esta manhã, houve uma reunião entre a diretoria e os professores para conversar sobre o ocorrido. A unidade de ensino da rede estadual não teria acionado nem a polícia, nem o Conselho Tutelar para averiguar a situação.

Uma equipe do Conselho iria se reunir com a diretoria da escola na tarde de ontem, mas o encontro precisou ser remarcado para a próxima segunda.

Veja o que se sabe sobre o crime:

  • Um adolescente foi assassinado com golpes de canivete após uma briga na Escola Estadual Deputado Rubens Canuto, no bairro do Benedito Bentes, parte alta de Maceió;
  • A vítima foi identificada como Lázaro André Bezerra de Oliveira, e tinha 15 anos;
  • Segundo o que foi passado pela Polícia Civil de Alagoas (PC-AL), houve um desentendimento entre dois adolescentes e um deles chamou os amigos de outra escola para bater no outro;
  • Este último, amigo de Lázaro, disse que não queria confusão. A vítima tentou apartar a briga e foi agredida;
  • Ainda de acordo com a PC-AL, Lázaro levou um soco de um dos suspeitos e, depois, foi segurado, enquanto que o outro o esfaqueou; 
  • O menino foi levado ainda com vida ao HGE (Hospital Geral do Estado), mas morreu na mesa de cirurgia;
  • Dois adolescentes, de 16 e 17 anos, foram apreendidos suspeitos do assassinato ainda na noite de ontem. A apreensão foi confirmada pela Polícia Civil de Alagoas na manhã dessa quinta-feira, 21;
  • Lázaro foi sepultado ainda no mesmo dia. A cerimônia de despedida foi marcada pela emoção da família, que compareceu em peso e se reuniu em volta do caixão onde ele estava para dar o último adeus.