Brasil

Mais 5,2 milhões de vacinas são distribuídas para todo o Brasil

Estados começam a receber novos lotes das vacinas CoronaVac e AstraZeneca

Ministério da Saúde | 29/04/21 - 10h10 - Atualizado em 29/04/21 - 10h18
Reprodução



Mais um lote com 5,2 milhões de doses de vacina Covid-19 começa a ser distribuído pelo Ministério da Saúde. São 5,1 milhões de doses da AstraZeneca/Oxford, da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), e 104,8 mil doses da Coronavac, do Instituto Butantan. Os dois imunizantes são produzidos no Brasil com matéria-prima importada. Todos os estados e o Distrito Federal vão receber as novas remessas em uma divisão proporcional e igualitária a partir desta quinta-feira (29/04).  

As doses são destinadas para a vacinação de idosos entre 60 e 64 anos, forças de segurança e salvamento e Forças Armadas que atuam na linha de frente da pandemia. Além disso, estão sendo enviadas vacinas adicionais para imunização de trabalhadores da saúde de Santa Catarina. As orientações estão no 13º informe técnico da Secretaria de Vigilância em Saúde (SVS). 

A estratégia de distribuição de vacinas Covid-19 é revisada semanalmente em reuniões tripartites (governos federal, estaduais e municipais), observando as confirmações do cronograma de entregas por parte dos laboratórios. O objetivo é garantir a cobertura do esquema vacinal no tempo recomendado de cada imunizante: quatro semanas para a vacina do Butantan e 12 semanas para as doses da Fiocruz. 

O Ministério da Saúde reforça para que a população tome a segunda dose da vacina Covid-19, mesmo que a aplicação ocorra fora do prazo recomendado pelo laboratório, para assegurar a proteção adequada contra a doença. As recomendações estão nesta nota técnica.