Gente Famosa

Neymar entra na onda dos NFTs e paga US$ 1 milhão em dois tokens de “macacos entediados”

InfoMoney | 23/01/22 - 14h49
Reprodução

O jogador de futebol Neymar comprou dois tokens não-fungíveis (NFT) da coleção “Bored Ape Yatch Club” na quinta-feira (20), segundo dados do marketplace OpenSea. O craque brasileiro desembolsou US$ 1,1 milhão nos ativos, o equivalente a cerca de R$ 6 milhões.

A Bored Ape Yatch Club é uma coleção com 10 mil artes digitais únicas de “macacos entediados”. O projeto é baseado na blockchain do Ethereum (ETH).

Neymar desembolsou 189,69 ETH (US$ 537 mil) pelo token número #5269 e mais 159,99 ETH (US$ 452 mil) pelo ativo digital número #6633. Conforme a cotação desta sexta-feira (21), o gasto foi de cerca de US$ 1,1 milhão.

Ontem, em seu perfil no Twitter, o atleta publicou a imagem de um de seus novos tokens junto com a frase “Sou um macaco!”, em inglês. Além disso, trocou sua foto de perfil pela reprodução do NFT.

O craque mudou sua imagem pouco antes de o Twitter lançar um novo recurso que dá aos proprietários de tokens a possibilidade de colocar NFTs como fotos do perfil, e fazer a verificação deles – ou seja, comprovar a posse.

Por enquanto, a verificação está disponível apenas para usuários com Twitter Blue, o serviço de assinatura mensal de US$ 2,99 da empresa. Além disso, a novidade vale apenas para ativos digitais baseados na rede do Ethereum.

Neymar e NFTs - Vale lembrar que o “namoro” do jogador brasileiro com o mercado de NFTs começou no ano passado. Em novembro, ele anunciou que lançaria uma coleção de NFTs em parceria com a NFTSTAR, um marketplace de tokens não fungíveis.

“Terei minha coleção de NFT em colaboração com a NFTSTAR. Que emocionante! Tenha itens digitais limitados em breve na NFTSTAR.com”, escreveu o jogador no Twitter na época.